Cristina Ferreira vítima de golpe

Há meses que a estrela da TVI deixou de receber o valor acordado com a editora da revista.
01 fev 2017 • 01:30
Hugo Real, Rita Montenegro e Rute Lourenço
Quase dois anos após o lançamento da revista de Cristina Ferreira, o projeto fecha portas com a apresentadora e a editora Masemba em guerra. Segundo o CM apurou, há vários meses que a estrela da TVI deixou de receber o pagamento mensal fixo que tinha ficado acordado com a empresa desde o início, um valor que, sabe o CM, está entre os quatro e os cinco mil euros. "Nesta reta final, houve divergências entre a Cristina e o diretor da Masemba, Nuno Santiago. Ela não concordava com as estratégias de gestão e o caso agravou-se quando deixaram de lhe pagar", diz uma fonte.

A forte quebra nas vendas, a partir de maio do ano passado, e as elevadas despesas para com colaboradores escolhidos por Cristina Ferreira e pagos a peso de ouro terão levado a Masemba a não renovar o contrato com a revista, que termina a partir de março.

A ‘Cristina’ conta com seis jornalistas – que já estavam com o subsídio de Natal por receber –, cujo futuro é agora incerto.

O CM contactou Cristina Ferreira, que não fez comentários, assim como a Masemba.
Mais sobre
Newsletter
topo