Cristina volta à TVI mas braço-direito da apresentadora tem Covid-19

Produtor André Manso testa positivo ao novo coronavírus.
Cristina voltou ao trabalho sem apoio dos colegas, João Patrício (à esq.), em isolamento, e André Manso, infetado  com Covid-19
Cristina voltou ao trabalho sem apoio dos colegas, João Patrício (à esq.), em isolamento, e André Manso, infetado com Covid-19
Foto: Direitos Reservados
06 nov 2020 • 01:30
André Filipe Oliveira
Cristina Ferreira já terminou o isolamento profilático, após ter contactado com Bárbara Bandeira, infetada com Covid-19, e agora que está de regresso ao trabalho na TVI foi surpreendida com mais um caso. Desta vez, foi André Manso, amigo de longa data e seu adjunto na direção da estação de Queluz de Baixo, que testou positivo ao novo coronavírus.

"Ele tinha zero sintomas. Fez o teste na quarta-feira, porque esteve com alguém que tinha testado positivo. Ele e a mulher estão os dois positivos", anunciou ontem Cristina em conversa com Manuel Luís Goucha. Mas há mais vítimas: João Patrício, o seu outro adjunto e realizador do ‘Dia de Cristina’, vai estar em isolamento durante as próximas duas semanas, por ter contactado diretamente com o colega. Perante a situação, Cristina alertou para a facilidade de propagação do vírus. "Se eu tivesse vindo trabalhar e almoçar com eles, ia mais 14 dias para casa." Sobre os dias que passou fechada em casa, privada de contactar com o filho Tiago e os pais, admitiu dificuldades. "A sensação de estar em isolamento é terrível. É de prisão, como se estivesse enjaulada."

Ansiedade espoletou sintomas
Na segunda semana em confinamento, Cristina desenvolveu sintomas associados à Covid-19. "Comecei com dores de cabeça e tinha uns arrepios de frio. Estava sempre em contacto com a médica, que me disse que a ansiedade faz com que as pessoas passem a ter alguns sintomas e fiquem assustadas."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo