David Carreira revela que a mãe é o seu maior suporte

O cantor falou com Manuel Luís Goucha sobre o seu novo livro: "Os sonhos não têm teto".
Manuel Luís Goucha
Fernanda Antunes
Manuel Luís Goucha
Fernanda Antunes
03 dez 2020 • 17:02
David Carreira estreou-se recentemente na escrita. 'Os sonhos não têm teto' é o nome do livro pulicado pelo artista e que conta com detalhes impressionantes sobre o seu percurso de vida. Na manhã desta quinta-feira, dia 3, o filho de Tony Carreira viajou até Queluz de Baixo para marcar presença no programa 'Você na TV', onde avançou com alguns pormenores sobre a sua obra.  
 
À conversa com Manuel Luís Goucha, o cantor começou por falar sobre a ligação especial que têm com o avô paterno.
 
"Tenho uma relação muito próxima com o meu avô porque sempre fui muito rebelde e acho que ele gosta disso. Ele revê também o lado do meu pai que também era muito rebelde.", revelou. 
 
David Carreira reviveu alguns momentos difíceis que marcaram a sua infância, destacando a enorme cumplicidade que sempre teve com os progenitores, Tony Carreira e Fernanda Antunes.
 
"Durante um ano eu ia muitas vezes ao hospital. Aproximou-me muito da minha mãe essa fase, e [essa aproximação] manteve-se até agora", contou. 
 
Fernanda Antunes tem sido o maior "suporte" para o filho, ao longo dos tempos.
 
"Há momentos mais difíceis na tua vida que tens de ter essas pessoas, que estão lá para te ajudar, e tenho a sorte de ter uma mãe que está sempre [ao meu lado]", acrescentou emocionado.
 
David Carreira lamentou ainda as vezes em que não conseguiu estar próximo da mãe. "Às vezes estás sempre a correr e não tens tempo".

Segundo o artista, este ano serviu de aprendizagem, e ajudou-o a perceber que "é importante estar com a família".
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo