"Vêm-me lágrimas aos olhos": Débora Picoito assume que ainda sofre por ser ex-concorrente de reality-show

Jovem participou na quarta edição da 'Casa dos Segredos', há seis anos, mas admite que ainda sente o preconceito. "Ainda não sei lidar com isto", revelou.
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
Débora Picoito
28 abr 2020 • 16:41

Débora Picoito foi uma das concorrentes mais polémicas da quarta edição da 'Casa dos Segredos', que foi exibida em 2013. 

A jovem ainda surgiu noutros formatos da TVI, mas, pouco a pouco, foi-se afastando desses desafios e ainda assim continua a mostrar-se ativa nas redes sociais no que respeita aos reality-shows.

A propósito da estreia da nova edição do 'Big Brother', Débora assumiu o preconceito que ainda sente, seis anos após a sua experiência.

"Desculpa lá mas não vejo essas coisas, isso é um atentado à minha inteligência", foi a resposta que Débora recebeu ao questionar alguns colegas de trabalho sobre a estreia do programa.

Revoltada, desabafou: "Sabendo o meu colega que sou uma ex-concorrente de reality-show, que sou bastante inteligente e ocupo um bom cargo na empresa em que ambos trabalhamos, sabem como custa ouvir isto?".

"Não sei que mais fazer em relação a este assunto, tenho pena. É que sempre que isto acontece vêm-me as lágrimas aos olhos", confessou, emocionada.

"Pobres aqueles que entraram agora para o programa, nem sabem o que lhes espera lá fora, gente tão pronta a criticar e julgar", disse Débora, descrevendo a aventura de participar num reality-show como "a coisa mais divertida e espetacular de sempre".

A algarvia defende que as críticas que ainda hoje admite sentir na pele deviam ser consideradas bullying.

"Não me vou lamentar mais. Foi a vida que escolhi sim. Mas atenção, eu escolhi participar num programa, não escolhi levar com vozes ignorantes para o resto da minha vida", terminou Débora Picoito.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo