“Depois do AVC fiquei sem paladar e gaguejo”: As revelações de Dolores Aveiro

Mãe de Cristiano Ronaldo sofreu um susto com a saúde em março do ano passado.
Dolores Aveiro
Dolores Aveiro na fisioterapia
Dolores Aveiro
Dolores Aveiro na fisioterapia
24 set 2021 • 01:30
Um ano e meio depois de ter sofrido um AVC, Dolores Aveiro ainda não recuperou totalmente. "Depois do AVC fiquei sem paladar", começou por contar no podcast ‘ADN de Leão’. "Não mexo bem um braço, e quanto à fala, gaguejo muito. Noto a minha língua a prender", lamentou a mãe de Cristiano Ronaldo, ainda que mantenha o otimismo que a caracteriza. "Perdi o cheiro, o paladar. Não consigo ter o cheiro de nada, nem o paladar. Pouco a pouco vou recuperar, se Deus quiser."

Ao longo da entrevista, Dolores Aveiro também recordou um episódio marcante do seu passado, na altura em que vivia em Inglaterra com o filho e se deslocou à sua terra natal. "Fui à Madeira visitar os meus [outros] filhos. Num bar estavam lá três homens a dizerem: ‘O Ronaldo ganha tanto por hora para dar à vaca da mãe e às cabras das irmãs", contou, indignada. "Aquilo mexeu-me com o sistema nervoso! Cheguei ao pé dele, bati-lhe no braço e disse: ‘Você conhece a vaca da mãe dele?’. O homem disse: ‘Não me diga que é uma fã dele’. E respondi: ‘Eu sou fã e morro por ele. Ela era vaca se andasse a pastar como você." E concluiu: "Se não fosse… dava-lhe um murro, para aprender a não julgar sem conhecer."

"É uma boa pequena"
Dolores também dedicou algumas palavras à nora, Georgina Rodríguez. "É uma boa pequena", disse. "Sem dúvida que ela é um grande apoio para o Ronaldo."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo