Depp e Amber Heard chegam a acordo para divórcio

Atriz retirou a queixa por violência doméstica contra o marido.
16 ago 2016 • 23:53
Os atores Johnny Depp e Amber Heard chegaram a um acordo para o divórcio depois de a atriz retirar a queixa por violência doméstica contra o marido, informou hoje o portal TMZ, especializado em informação sobre famosos.

O acordo extrajudicial estabelece que Depp pagará sete milhões de dólares (cerca de seis milhões de euros) a Amber Heard e foi alcançado um dia antes do início do julgamento em Los Angeles.

Em comunicado conjunto, o casal salienta que a sua relação foi "intensamente apaixonada" e "às vezes instável", mas sempre estiveram "unidos pelo amor".

A nota sublinha que "nenhuma das partes fez falsas acusações" para obter rendimentos económicos e que "nunca houve intenção de dano físico ou emocional".

Amber Heard apresentou a 23 de maio o pedido de divórcio por "diferenças irreconciliáveis".

Os atores casaram em fevereiro de 2015.
Mais sobre
Newsletter
topo