Diogo Amaral não esconde a vontade de voltar para Jessica Athayde

"Gostava de ter mais filhos com a Jessica”, revelou o ator.
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e Diogo Amaral com o filho em comum, Oliver
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e Diogo Amaral com o filho em comum, Oliver
26 jan 2020 • 01:30
Carolina Marques Dias

O coração de Diogo Amaral continua a bater por Jessica Athayde, com quem tem um filho em comum, Oliver, de oito meses. Apesar de estarem separados desde setembro de 2019, o ator não esconde a possibilidade de voltar para os braços da ex-namorada. "Gosto muito da Jessica e pronto. Baby steps [passos pequeninos]. Gostava de ter mais filhos com a Jessica", afirmou, com um sorriso, em entrevista ao programa de Júlia Pinheiro.

Em 2018, o ator viveu uma fase difícil devido ao consumo de drogas e teve de ser internado numa clínica de desintoxicação na Escócia. Jessica Athayde foi essencial nesse período. "Foi ela quem descobriu a clínica de desintoxicação e que me levou ao aeroporto", conta, sublinhando. "Salvou-me a vida. Se não fosse ela, não estaria aqui."

Viciado em drogas
O primeiro contacto que Diogo teve com drogas foi ao fumar marijuana esporadicamente. "Eu nunca tinha fumado charros e quando o fiz, pela primeira vez, pedi logo o kit completo. Era algo controlado na minha vida. Não era uma coisa benéfica, mas eu tinha noção". Até que começou a tornar-se dependente de drogas.

"Eu estava profundamente triste. Eu sou feliz e de repente vi-me num vazio e só as drogas me tiravam do sofrimento. Na minha opinião, sou um privilegiado porque não morri". Depois de sete meses em que ‘viveu’ à base de drogas, Diogo Amaral decidiu pedir ajuda. "Menti a tanta gente... Mais um mês e desfazia tudo, trabalho, filhos... Até que um dia acordei a chorar e a afirmar que não queria isto."

Além de Jessica, Ljubomir foi um grande apoio na sua cura.
Quando decidiu dar o ‘grito da ajuda’, Diogo Amaral foi falar com o chef Ljubomir Stanisic. "Fui ter com um amigo meu, um irmão de coração, Ljubomir Stanisic, e pedi-lhe ajuda. Disse-lhe que precisava de ir para uma clínica, que tinha de ser nessa altura porque ia estrear um filme e eu não queria falhar", contou em julho numa entrevista a Cristina Ferreira. Mas, na conversa com Júlia Pinheiro, o ator revelou que o chef jugoslavo é que contou a Jessica Athayde o problema de adição do ator.

"Pedi ajuda ao Ljubomir e ele foi falar com a Jessica". Diogo Amaral tinha terminado, recentemente, o relacionamento com a atriz. "Ela nunca mais me largou", revelou a Júlia Pinheiro.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo