Diogo Carmona acusado de violência doméstica pela mãe

O ator, que sofreu um acidente e ficou sem o pé esquerdo, está a enfrentar problemas familiares na Justiça
Diogo Carmona e a mãe
Diogo Carmona
Diogo Carmona e a mãe
Diogo Carmona
06 fev 2020 • 12:00
Diogo Carmona tem estado a enfrentar uma fase difícil após o trágico acidente que sofreu em outubro do ano passado, que resultou na amputação de uma parte da perna esquerda. Ao que parece, este não é o único problema a abalar a vida do ator.

Diogo enfrenta um processo de violência doméstica à mãe, Patrícia Carmona, e à avó materna. 

Foi em 2018 que o jovem veio a público garantir que a mãe lhe tinha roubado todo o dinheiro que ganhou na carreira na representação. Foi nesse mesmo ano que Patrícia Carmona começou a acusar o filho de a mal tratar. A progenitora do ator chegou a chamar a polícia várias vezes, o que resultou em dois processos interpostos pelo Ministério Público. 

O ator marcou presença no Tribunal de Cascais, na terça-feira, na companhia do advogado, Jorgen Santos, para uma audiência que acabou, no entanto, por ser adiada.

"A audiência foi adiada porque existe um outro processo, com a mesma origem e os mesmos intervenientes, e, muito possivelmente, as duas queixas vão ser agregadas. Uma referente a 2018 e a outra a 2019", explicou o advogado à revista 'Maria'. "Ele sabe o que fez ou não fez. Acho que o Diogo está tranquilo e decidido a fazer pela vida e a ultrapzassar os problemas", defendeu ainda. 

No local, Diogo acabou por ser confrontado com a presença da mãe e da avó, de quem tem estado afastado. "Não as via há muito tempo. Elas são-me indiferentes", confessou. 

Diogo Carmona revela que ficou com "termo de identidade e residência" e defende que "se houve violência, foi das duas partes".

Diogo Carmona já tinha mostrado que, nesta fase complicada que está a viver após o acidente, não tem contado com o apoio da mãe, e mostra não estar preocupado com o assunto. "Ela esteve no hospital mas isso não significa que se preocupe comigo. O meu grande apoio são os meus avós paternos", admitiu o jovem, que garante que o grande apoio que tem tido vem da parte do pai e dos avós paternos. 

"Quero paz", garante Diogo Carmona, que, dedicado a sessões de fisioterapia que tem partilhado com os seguidores através das redes sociais, sem preconceitos de mostrar a nova fisionomia, não esconde ter esperança de voltar a ter uma oportunidade na carreira de ator.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo