Diogo Carmona reage às acusações de André Ventura: “Quando a televisão estiver com falta de entretenimento eu faço-lhe chegar um recado”

Ator reagiu publicamente às acusações do líder do Chega.
Diogo Carmona
Diogo Carmona
André Ventura
Diogo Carmona, André Ventura
Diogo Carmona
Diogo Carmona
André Ventura
Diogo Carmona, André Ventura
24 jun 2020 • 15:02

Foi na terça-feira, dia 23 de junho, que o líder do partido Chega, André Ventura, reagiu à condenação de quatro anos de pena suspensa do ator Diogo Carmona, por violência doméstica contra a avó e ofensas à integridade física da mãe.

Na rede social Twitter, André Ventura, escreveu. "Não foi este que me atacou e se colocou ao lado do Quaresma? Não andava a dizer que eu sou um racista violento? Está explicada a origem do distúrbio!", questionou, referindo-se aos comentários que o jovem ator teceu sobre a polémica entre o jogador de futebol, Ricardo Quaresma e o deputado.

Na altura, Diogo Carmona acusou André Ventura de ser " um conflituoso neo nazi homofóbico e incentivador de ódio".

Depois das últimas declarações do deputado, o artista não se calou e reagiu: "Para um tão reputado como o sr. acha que se deveria comparar a um mero perturbado? Quando a televisão estiver com falta de entretenimento eu faço-lhe chegar o recado. Já agora excelente assiduidade!", escreveu na publicação que partilhou através de Instastories.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo