Diogo Carmona reconciliado com a mãe: "Houve muitos problemas que nunca deviam ter existido"

Ator esteve de relações cortadas com Patrícia Carmona durante vários anos
Diogo Carmona com a mãe, Patrícia
Diogo Carmona com a mãe, Patrícia
03 mai 2021 • 14:31
A reconciliação entre Diogo Carmona e a mãe, Patrícia, segue de vento em popa. O ator foi convidado de Duarte Siopa e Ágata Rodrigues, no 'Manhã CM', da CMTV, e falou sobre a fase feliz que está a viver após ter feito as pazes com a mãe.

"Já perdoei tudo o que a minha mãe possa ter feito. Estou num ponto da minha vida em que tinha de acontecer [a reconciliação]. Senti remorsos e sentimentos muito maus durante muito tempo. Houve muitos problemas que tinham de acabar e que nunca deviam ter existido", confessou aos apresentadores.

No seu livro 'Contra Todas as Probabilidades', o ator refere-se a Patrícia Carmona como 'progenitora'. O jovem acabou por explicar o uso da palavra garantindo que retratou a sua história "na terceira pessoa para ser imparcial". Patrícia Carmona confessou que o termo  a magoou, mas que percebeu o filho. "Essa é a parte que me custa mais. Não critico, não julgo, é a forma de ele ver as coisas e tenho de aceitar", reforçou.

Sobre a publicação, a mãe de Diogo Carmona declarou que lhe custou ver a história turbulenta entre os dois exposta. "Magoam sempre as coisas que não são positivas a nosso respeito, mas o livro surge numa fase em que nos estamos a entender e nada é superior ao amor. Sei que para o Diogo foi muito importante e terapêutico escrever o livro"

Sobre o facto de ter revelado os problemas que tinha com a mãe, Diogo Carmona justificou com o facto de estar a atravessar uma fase com vários problemas. "Existiu uma necessidade disso. Eu tive de dar um grito por uma data de situações, não só relativamente à minha mãe, mas também o problema de não ter trabalho", lamentou. O convidado de Duarte Siopa e Ágata Rodrigues acabou por desabafar que se sentiu "muitas vezes injustiçado por ser posto de lado", mas que a situação já melhorou. 

Em relação ao acidente que sofreu em 2019, que resultou na amputação da sua perna esquerda, Diogo Carmona afirmou que continua a ter normalidade no seu dia a dia. "Eu não sou o acidente. É um momento marcante mesmo que eu não queira acaba por ser. Eu não penso nisso. Eu não penso que tenha uma deficiência. Não olho as coisas nessa maneira porque consigo fazer a minha vida normal", garantiu.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo