Dor muscular afasta rainha Isabel II de cerimónia em Londres

Monarca deveria ter comparecido às comemorações do Domingo da Memória. Palácio garante que a rainha ficou “desiludida”.
Rainha Isabel II
rainha Isabel II
15 nov 2021 • 01:30
Miguel Azevedo
Uma lesão muscular nas costas impediu a rainha Isabel II de participar, este domingo de manhã, nas comemorações do Domingo da Memória, que decorrem em Londres. Esta seria a primeira aparição pública da monarca, de 95 anos, depois de, por conselho médico, ter cancelado vários eventos nas últimas semanas.

O Palácio de Buckingham informou que foi “dececionada’ e “com grande pesar” que a rainha decidiu não comparecer à cerimónia, em memória dos britânicos mortos na guerra. No evento, que contou com a presença de outros membros da família real do Reino Unido, Isabel II mandou, no entanto, depositar uma coroa de flores.

Na passada quinta-feira, funcionários do Palácio de Buckingham tinham dito que Isabel II pretendia assistir à cerimónia no Cenotáfio, no centro de Londres, a partir de uma varanda, como tem feito desde há vários anos, mas a verdade é que nem isso veio a acontecer.

Recorde-se que em outubro a rainha passou uma noite no hospital, após ser internada para fazer exames médicos. No dia 29 desse mês, o Palácio anunciou que, por conselho dos médicos, a soberana deveria descansar por duas semanas, o que impediu que marcasse presença na Cimeira do Clima.

Processo contra a Netflix
Segundo o jornal ‘The Sun’, e depois de aconselhamento jurídico, Isabel II pode avançar com um processo contra a Netflix. Em causa está a forma como a família real é retratada na série ‘The Crown’. Entre suspeitas de traição, relacionamentos proibidos e casamentos fracassados, a série já abordou vários episódios polémicos da família real. Até o ministro inglês da cultura, Oliver Dowden, já pediu para que a Netflix avise que se trata de ficção.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo