Emoção na última homenagem a Artur Albarran

Familiares, amigos e colegas uniram-se na despedida do jornalista que, aos 69 anos, perdeu a luta contra um cancro.
A mulher Sandra Nobre, no final da eucaristia na Basílica da Estrela, amparada pela filha e enteados
Filhos de Artur Albarran unidos na última homenagem ao pai
Urna do ‘repórter sem medo’ seguiu para o Cemitério dos Prazeres, em Lisboa
Carlos Rodrigues, diretor-geral editorial do CM, CMTV  e ‘Sábado’, e José Carlos Castro, diretor-adjunto de estratégia do CM e CMTV
Bárbara Guimarães prestou uma última homenagem ao amigo de longa data
Coroa de flores à saída da cerimónia
José Rodrigues dos Santos na despedida do jornalista
Henrique Garcia a abraçar André, filho de Albarran
A mulher Sandra Nobre, no final da eucaristia na Basílica da Estrela, amparada pela filha e enteados
Filhos de Artur Albarran unidos na última homenagem ao pai
Urna do ‘repórter sem medo’ seguiu para o Cemitério dos Prazeres, em Lisboa
Carlos Rodrigues, diretor-geral editorial do CM, CMTV  e ‘Sábado’, e José Carlos Castro, diretor-adjunto de estratégia do CM e CMTV
Bárbara Guimarães prestou uma última homenagem ao amigo de longa data
Coroa de flores à saída da cerimónia
José Rodrigues dos Santos na despedida do jornalista
Henrique Garcia a abraçar André, filho de Albarran
19 fev 2022 • 01:30
Carolina Cunha
O último adeus a Artur Albarran decorreu esta sexta-feira com uma missa de corpo presente na Basílica da Estrela, em Lisboa. Familiares, amigos e colegas uniram-se na despedida do jornalista que, aos 69 anos, perdeu a luta contra um cancro. Após a eucaristia, o corpo seguiu para o Cemitério dos Prazeres, num momento reservado apenas à família.

A mulher, Sandra Nobre, acompanhada pela filha, Maria, de 18 anos, e pelos restantes filhos de Artur Albarran - André, 39, Carolina, 33, Francisca, 27, Linny, 23, e Linda, 20 - não esconderam a profunda dor na despedida. Bárbara Guimarães, José Rodrigues dos Santos e Henrique Garcia foram algumas das figuras que estiveram na missa. “O Artur foi dos meus primeiros amigos na RTP quando entrei em 1990. Comecei a fazer o Telejornal com ele e, portanto, estou sempre ligado a ele”, disse José Rodrigues dos Santos.

Carlos Rodrigues, diretor-geral editorial do CM, CMTV e ‘Sábado’, e José Carlos Castro, diretor-adjunto de estratégia do CM e CMTV, também prestaram homenagem ao ‘repórter sem medo’. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo