Estilista Ana Salazar diz que “é triste ter sido esquecida”

Artista diz ter sido ‘apagada’ de um documentário sobre a ModaLisboa.
Ana Salazar participou até 2011, em contínuo, na ModaLisboa
Ana Salazar participou até 2011, em contínuo, na ModaLisboa
Foto: Duarte Roriz
04 out 2018 • 01:30
Rute Lourenço
A ModaLisboa, que acontece dentro de uma semana, celebra as suas 50 edições e a pretexto decidiu realizar um documentário para contar a história do evento.

No entanto, nem todos ficaram satisfeitos com o que foi emitido e a estilista Ana Salazar acusa agora a organização de a ter "eliminado" da história da ModaLisboa.

"Fui entrevistada durante mais de uma hora a propósito deste documentário, mas no produto final não passa uma única declaração minha. Fiquei muito surpreendida", lamenta a criadora, acrescentando: "Fiz parte desde o início da ModaLisboa até 2011 e é como se tivesse passado uma esponja. Parece que me apagaram da história e isso é triste."

Ana Salazar garante que contactou a responsável pelo evento de moda, Eduarda Abondanza, para saber qual o motivo pelo qual não tinha sido escolhida e que a resposta a entristeceu: "Ela disse que também não a tinha convidado para um documentário sobre a minha carreira."

Contactada pelo CM, Eduarda Abondanza afirma: "Não vou falar de uma coisa tão absurda como essa. Esse é um não assunto."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo