‘Ex’ de Sócrates arrenda quartos no Alentejo

Sofia Fava apostou no turismo rural. Por uma estadia de duas noites cobra 1200 euros, sem direito a pequeno almoço.
Sofia Fava
Sofia Fava
Foto: David Martins
10 fev 2019 • 01:30
João Bénard Garcia
O monte que Sofia Fava comprou em Montemor-o-Novo, no Alentejo, em março de 2012, foi transformado em turismo rural e chama-se agora Tarola Place.

Depois de, em fevereiro de 2017, a ex-mulher de José Sócrates ter colocado o monte à venda por um milhão de euros - placa que retirou de imediato assim que os investigadores do Ministério Público questionaram a origem dos 760 mil euros pagos pela sua aquisição -, a ex-mulher do antigo primeiro-ministro e o atual companheiro, Manuel Costa Reis, estão agora a rentabilizar cinco quartos da casa e pedem 1200 euros por duas noites na propriedade (estadia mínima).

O preço a pagar é sempre o mesmo, seja arrendado por uma pessoa ou por doze (lotação máxima). O pequeno-almoço é confecionado e servido por Sofia Fava, mas, para usufruir dele, o cliente terá de desembolsar mais seis euros por pessoa.

Sofia Fava está acusada de dois crimes no âmbito do processo Operação Marquês, ambos relacionados com a compra suspeita desta propriedade no Alentejo: um crime de branqueamento de capitais e outro de falsificação de documento.
Mais sobre
Newsletter
topo