Ex-marido de Pipoca arrasado após assumir novo amor

Ricardo Martins Pereira partilhou imagem a beijar namorada.
Pipoca Mais Doce e o ex-marido Ricardo Martins Pereira
Ricardo Martins Pereira
Sara Veloso e Ricardo Martins Pereira
Sara Veloso e Ricardo Martins Pereira
Pipoca Mais Doce e o ex-marido Ricardo Martins Pereira
Ricardo Martins Pereira
Sara Veloso e Ricardo Martins Pereira
Sara Veloso e Ricardo Martins Pereira
31 mai 2021 • 16:31
Os seguidores de Pipoca Mais Doce tem saído em sua defesa e criticado a atitude do ex-marido, o jornalista Ricardo Martins Pereira, que publicou este fim-de-semana um vídeo onde surge a dar um beijo na boca da nova namorada, a economista Sara Veloso.

O assumir desta nova relação não caiu bem aos fãs, uma vez que na semana anterior, Ana Garcia Martins tinha assumido, em entrevista a Manuel Luís Goucha, que tinha esperança na reconciliação.

"Devias ter um pouco mais de respeito, sabes o quanto ela está exposta nesta treta das redes sociais e vais logo de foto de beijo na boca. É a mãe dos teus filhos, devias protegê-la e não a expor quando ela disse o que disse ao Manuel Luís Goucha. Sou mulher e a pôr-me no lugar dela não é nada confortável. Daí há um 'time' certo para tudo. Era esperar a poeira baixar", escreveu uma seguidora. "E anda a Pipoca com esperanças...", deixou outra.

Mas houve um comentário que mereceu resposta de Ricardo Martins Pereira. "Toda a gente tem o direito de ser feliz. Não há dúvidas em relação a isso. Mas o que leva um homem bem resolvido, pai de filhos, só ser feliz com namorada? Não conseguir ficar, por exemplo, uns anos sozinho? Porque é que os homens são tão dependentes? É por causa do sexo? Não consigo entender a necessidade de arranjar "logo" alguém".

O jornalista mostrou a sua visão e mostrou estar de consciência tranquila em relação à decisão de ter assumido a nova namorada. "Temos de aceitar as opções dos outros e aceitar que os outros as tomam porque assim o querem fazer e porque assim entendem ser o melhor para si. Já viu o que seria eu decidir a minha vida de acordo com o que os outros acham correto ou mais indicado? Acha que eu não não deveria estar numa relação em pelo menos um ano. Outras pessoas acharão 6 meses. Outras 1 mês. Outras não ligam a isso. Eu faço aquilo que acho que é melhor e mais indicado para mim, independentemente da opinião dos outros, sobretudo da opinião de quem não me conhece e não sabe nada sobre a minha vida (embora ache que sim)".
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo