"Exijo saber o que aconteceu", diz Tony Carreira sobre investigação à morte da filha Sara

Artista afirma que há uma “guerra interna entre a procuradora e a juíza” e que isso tem atrasado o processo.
Tony e a filha, Sara Carreira
Tony e a filha, Sara Carreira
Foto: Direitos Reservados
05 jul 2022 • 01:30
Vânia Nunes
Refugiado no trabalho e na música, Tony Carreira acaba de lançar um novo tema, ‘Lisboa’, mas continua com o pensamento na investigação à morte da filha, Sara, que morreu aos 21 anos, na A1.

"A nossa Justiça também é a miséria que é. Por exemplo, estou há dois anos a tentar saber o que aconteceu à minha filha. Portanto, a nossa Justiça é isto", disse o artista, em direto no ‘Dois às 10’ (TVI), onde foi promover a nova canção.

O cantor mostrou-se desiludido com o facto de o processo se encontrar parado. "É uma guerra interna entre a procuradora e a juíza em que elas não estão de acordo, mas não estando de acordo está aqui um pai que não sabe ainda o que aconteceu. Eu cruzo-me com pessoas que me dizem que estão há dez anos com esta situação. E a nossa Justiça é isto...".

Tony reforçou ainda que só descansa quando souber o que motivou o despiste do carro, conduzido por Ivo Lucas, namorado da jovem na altura. "Não quero culpados, não quero nada, a única coisa que eu quero saber e exijo saber, como pai, é o que aconteceu. Porque culpar alguém para mim já não resolve absolutamente nada", afirmou o artista.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo