Família é refúgio de Mickael Carreira três meses após morte da irmã Sara

Num momento de sofrimento, é nos braços de Laura e Beatriz que sorri.
Mickael diz que o abraço da mulher e da filha é o “melhor lugar”
Mickael diz que o abraço da mulher e da filha é o “melhor lugar”
Foto: Direitos Reservados
10 mar 2021 • 01:30
Vânia Nunes
Três meses após a morte da irmã, Sara Carreira, aos 21 anos, Mickael Carreira tem encontrado alento nas duas mulheres da sua vida: a companheira, Laura Figueiredo, e a filha, Beatriz, de três anos.

Desde o fatídico dia que o músico de 34 anos faz questão de fazer agradecimentos públicos à família e, na segunda-feira, Dia da Mulher, fez mais um. "O melhor lugar", escreveu na legenda de uma foto onde surge abraçado a ‘Bea’ e à antiga apresentadora do ‘Fama Show’.

Recorde-se que, em jeito de homenagem, e à semelhança irmão David, Mickael Carreira fez uma tatuagem com uma asa de um anjo no pulso, igual à que Sara Carreira tinha.

Laura, que também era muito próxima da cunhada, tem-se refugiado no exercício físico para manter "o corpo e a mente sãos", como já fez questão de referir. Por isso, organiza frequentemente diretos na sua página de Instagram para treinar juntamente com os seguidores.
Mickael tem ido para o estúdio gravar novos temas.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo