Fernando Tordo arrependido de comentário sobre falta de "dignidade" na música

Cantor tem sido alvo de duras críticas por parte de outros artistas.
Fernando Tordo
Fernando Tordo
Foto: Tiago Sousa Dias
18 jan 2022 • 02:05
Sónia Dias e Débora Couceiro
Fernando Tordo, de 73 anos, fez um pedido de desculpas público, nas suas redes sociais, depois de ter sido alvo de duras críticas devido a um comentário "infeliz" que fez em entrevista à revista ‘Blitz’. "90% da música portuguesa que ouvimos atualmente não tem qualquer dignidade. É para atrasados mentais", disse o cantor.

"Apercebi-me da injustiça que as minhas palavras foram para todo um universo de colegas que, tal como eu, trabalham diariamente para levar o seu melhor aos palcos e rádios deste País (...) Mais do que um pedido de desculpa, quero que este meu erro me leve a construir pontes e a potenciar o diálogo com os meus colegas de profissão. Todos, sem exceção", começou por escrever. E prometeu: "Semanalmente, vou dar a conhecer as novidades de lançamentos de novos discos ou singles, sugestões de concertos ou eventos culturais, novos projetos e artistas emergentes."

Foram vários os artistas que mostraram desilusão com Tordo. Agir admitiu ter ficado "triste" com as suas palavras, e Miguel Cristovinho (da banda D.A.M.A) pediu "mais tolerância". Carolina Deslandes, Diogo Piçarra e Luísa Sobral também reagiram à polémica.
Mais sobre
Newsletter
topo