Filha de António Costa obrigada a adiar enlace

Situação atual do País levou ao adiamento do casamento da filha do primeiro-ministro.
António Costa com a filha, Catarina, numa imagem de arquivo
António Costa e a filha, Catarina
António Costa com a filha, Catarina, numa imagem de arquivo
António Costa e a filha, Catarina
24 set 2020 • 11:01
Carolina Cunha
A pandemia trocou as voltas à família de António Costa e veio afetar os planos previstos para este ano.

A filha do primeiro-ministro, em comum com Fernanda Tadeu, que tinha casamento marcado para 12 de setembro, foi obrigada a a cancelar o enlace. A situação de contingência atual do País, devido às condicionantes da Covid-19, motivou o adiamento da cerimónia, uma vez que a família considerou que não estavam reunidas as condições para celebrar o grande dia. Segundo a ‘Nova Gente’, Catarina, de 27 anos, já tinha tratado do vestido e os convites já tinham seguido para os convidados.

Poucas semanas antes da data prevista, os noivos perceberam que era difícil concretizar os planos previstos para o dia do casamento, com o ajuntamento de pessoas, e adiaram a boda para 2021. Os noivos comunicaram a decisão aos convidados, que aguardam a nova data da cerimónia. Em abril, no início da pandemia, António Costa mantinha a esperança de levar a filha ao altar ainda este ano e mostrava-se confiante quanto ao desfecho da cerimónia, que foi preparada ao pormenor.

Este ano, devido à pandemia de Covid-19, foram cancelados mais de 17 mil casamentos. As festas foram adiadas para o período de maio a setembro de 2021.

Pedro casou-se em 2018
Pedro Costa subiu ao altar em 2018 com Sara Rocha numa cerimónia intimista. Recentemente, no dia em que assinalaram dois anos de casamento, o filho mais velho de António Costa recordou o dia especial. "Hoje, passados dois anos, continuo a achar que esta minha última decisão individual foi a melhor que tomei na minha vida. Obrigado, meu amor", escreveu Pedro, apaixonado.

Bodas dos famosos estão em suspenso
Em Portugal, foram muitos os casais que viram os planos alterados. Foi o caso do enlace do jogador Ruben Neves, que estava agendado para 23 de maio. "Tenho a certeza de que vamos festejar a dobrar", avançou o craque. Também Ana Guiomar e Diogo Valsassina recusam celebrar o matrimónio com as condicionantes atuis da Covid-19.

Catarina Gouveia é uma exceção e mantém os planos do casamento para os próximos dias. A atriz da SIC optou por uma cerimónia mais intimista.

Casal adia duas vezes a cerimónia
2020 foi um ano surpreendente para o casal Orlando Bloom e Katy Perry, que alterou os planos de casamento duas vezes. A gravidez da cantora e a pandemia do novo coronavírus foram os responsáveis pelo adiamento da cerimónia, que está prevista realizar-se no próximo ano.

Também Jennifer Lopez e Alex Rodriguez viram os seus planos saírem furados. Noivos desde o ano passado, a cantora e o ex-jogador de basebol esperavam casar-se ainda este ano.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo