Filha de Paul Walker processa Porsche

Meadow Walker acusa a marca alemã homicídio involuntário do ator que protagonizou 'Velocidade Furiosa'.
A carregar o vídeo ...
Filha de Paul Walker processa Porsche
29 set 2015 • 12:13
F.M.

Meadow Walker decidiu processar a Porsche pelo homicídio involuntário do seu pai, que morreu a dezembro de 2013, depois do carro onde seguia no lugar do pendura se ter despistado e incendiado. Os advogados da filha de Paul Walker afirmam que o cinto de segurança utilizado pelo ator foi responsável por partir as suas costelas e pélvis, deixando-o preso ao banco de passageiros, afiança o site 'TMZ'.

O processo acrescenta ainda que o veículo incendiou-se 1 minuto e 20 segundos depois do impacto, numa altura em que Paul ainda estaria vivo. De acordo com a acção contra a marca, Roger Rodas, que ia ao volante do Porsche quando o acidente aconteceu, conduzia dentro dos limites de velocidade, entre os 101 e os 114 quilómetros por hora.

Os advogados de Meadow, de 16 anos, afirmam que a Porsche sabia que o Carrera GT tinha um "historial de instabilidade e problemas de controlo" e que o acidente podia ter sido evitado se o carro tivesse um sistema de estabilização.

Recorde o vídeo de Vin Diesel, outro dos protagonistas de 'Velocidade Furiosa', a cantar um tema dedicado amigo que perdeu a vida num trágico acidente de carro.

A carregar o vídeo ...
Oiça Vin Diesel a cantar 'See You Again' em tributo a Paul Walker
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo