Filomena Cautela faz duras críticas a colegas: "Falta a muita gente uma chapadona de humildade"

A apresentadora recordou os tempos em que esteve desempregada.
Filomena Cautela
15 fev 2020 • 19:14
Este sábado, Filomena Cautela foi a convidada de Daniel Oliveira no 'Alta Definição'. Numa conversa intimista, a apresentadora da RTP recordou os tempos em que esteve desempregada depois de se ter estreado nos 'Morangos com Açúcar', na TVI, em 2002.

"Tive um período de falta de trabalho e fez-me muito bem. Na altura, foi duro e escuro! Estava absolutamente desiludida porque tinha percebido que não tinha talento nenhum, era uma fraude.Todos os meus amigos estavam a trabalhar, atrizes que eu achava que eram muito más estavam a trabalhar, pessoas que odiavam o que estavam a fazer e só queriam aparecer em revistas, e eu não. Fez-me muito bem porque deu-me uma chapadona de humildade que faltava a muita gente que hoje em dia tem muito sucesso", afirma em tom de crítica.

Durante a entrevista, a estrela da estação pública garantiu que não vai ceder a pressões devido às audiências. 

"No dia em que começar a fazer as coisas só para ter mais audiências, ou porque me estão a obrigar a ir contra um princípio base meu, já disse ao meus amigos para me avisarem. Se é só para isso não interessa. Só porque sim e para ganhar dinheiro… Por enquanto, não tenho filhos, não tenho essa preocupação. Um dia, se tiver filhos e não tiver dinheiro para os alimentar, se calhar digo: que se lixe, faço o que vocês quiserem. Agora, não tenho de dar satisfações a ninguém e não vou ceder em várias coisas".

Atualmente, Filomena Cautela conduz o programa '5 para a meia noite' e protagonizou uma polémica ao criticar Cristina Ferreira.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo