Georgina Rodríguez sofre com a distância da irmã

Há meses que a espanhola está privada da companhia da sua melhor amiga, a irmã Ivana. A companheira de CR7 cumpre medidas de isolamento em Itália
16 mai 2020 • 20:47
Há mais de dois meses, desde que foi com Cristiano Ronaldo para a Madeira, que Georgina Rodríguez não vê a irmã, Ivana, uma das suas melhores amigas e aquela que define como um dos seus grandes pilares. O surto de coronavírus provocou um afastamento físico entre as duas irmãs e, ao longo dos últimos meses, Gio não escondeu a preocupação pelo facto de Ivana, assim como a mãe, estar num dos países mais afetados pela Covid-19: Espanha.

Agora que já regressou a Itália, com Cristiano Ronaldo a ter de voltar aos trabalhos na Juventus, Gio mantém-se afastada da família, com quem ainda não sabe quando poderá matar saudades.

"A irmã é a melhor amiga da Gio e custa-lhe muito estar afastada. Ainda mais, estes meses foram duros. Enquanto ela estava na Madeira, estava preocupada com a mãe a irmã, no ‘centro do furacão’, em Espanha", diz uma fonte.

Preocupações acrescidas
Enquanto esteve na Madeira com Cristiano Ronaldo e os filhos do jogador, Georgina levou uma vida relativamente tranquila, praticando desporto ao ar livre e fazendo passeios pelo Funchal com as crianças, sempre em segurança. Agora, a família não esconde os receios com o regresso a Turim e aumentou as medidas de segurança. A espanhola mantém-se recatada em casa de forma a preservar a segurança de todos.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo