Harry desabafa sobre afastamento da família real: "Fico muito triste por ter acabado assim"

O duque de Sussex garante que a sua decisão não vai mudar quem é, nem o respeito que tem pela avó, a rainha Isabel II.
Harry
Harry e Meghan Markle
Harry
Harry e Meghan Markle
20 jan 2020 • 12:12
O príncipe Harry abriu o coração para desabafar sobre o afastamento da família real britânica.

O filho mais novo da princesa Diana afirmou que se sente "triste" pela forma como teve, ao lado de Meghan Markle, tiveram de renunciar aos seus títulos de 'Suas Altezas Reais' para se tornarem financeiramente independentes.

"Fico muito triste que isto tenha acabado assim. A nossa esperança era continuar a servir a Rainha, a comunidade e as minhas associações militares, mas sem financiamento público. Infelizmente, isso não é possível", explicou. "O Reino Unido é a minha casa e adoro isso, nunca vai mudar", disse ainda Harry, num evento em que participou este domingo, dia 19 de janeiro, que consistiu numa recolha de fundos para crianças com HIV em África.

"Só posso imaginar o que já devem ter ouvido e lido nas últimas semanas. Por isso quero que oiça a verdade da minha boca, tanto quanto posso partilhar, não como príncipe, não como duque, mas como Harry", desabafou ainda.

Além disto, Harry não deixou de mencionar a avó, a rainha Isabel II, que tentou mudar a sua decisão de ser independente da realeza a todo o custo, convocando até uma reunião familiar de emergência para o fazer repensar na decisão, mas sem sucesso.

O duque de Sussex garantiu ter "o maior respeito pela avó" e realçou que a mudança "não vai mudar" quem é, nem o seu empenho nas atividades.

Recorde-se que Harry e Meghan Markle estão a enfrentar as primeiras mudanças após terem decidido ser independentes da família real britânica. O casal vai perder os títulos reais e vai ter de 
pagar tudo o que gastou na remodelação de Frogmore Cottage e já está de olho numa casa no Canadá que custa 24 milhões.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo