Harry e Meghan ‘na corda bamba’ após revelações íntimas

Entrevista do casal a Oprah vai ser exibida no Reino Unido.
Príncipe Harry e Meghan Markle
Príncipe Harry e Meghan Markle
03 mar 2021 • 01:30
André Filipe Oliveira
A entrevista de Meghan Markle e do príncipe Harry a Oprah Winfrey já está a causar polémica e só vai ser emitida no próximo domingo, 7 de março, pela CBS, e no dia seguinte pela ITV, no Reino Unido. Nas promoções da conversa, já apelidada por muitos como “bombástica”, a apresentadora norte-americana promete revelações importantes. “Foram ditas algumas coisas muito chocantes.” O certo é que a decisão dos duques de Sussex em abrirem a intimidade ao público está a causar muitos nervos à família real inglesa. Vários especialistas em realeza classificaram a conversa do casal com Oprah como “inoportuna”. Um dos principais motivos de crítica prende-se com a hospitalização do marido da rainha, Filipe de Edimburgo, de 99 anos, que se mantém internado há mais de 15 dias com uma saúde débil. “O Harry e a Meghan só podem esperar e rezar para que o duque recupere e volte para casa. Se algo acontecer, vai parecer horrível aparecerem na televisão a falar sobre a família”, apontou o crítico Phil Dampier ao ‘Daily Mail’. Nos últimos dias, Isabel II tem estado em alerta devido à saúde frágil do marido e com os constantes ataques à sua autoridade, colocada em causa com as decisões de Harry e a mulher em exporem a sua intimidade em público. “Isto pode ser verdadeiramente trágico para a reputação de todos os envolvidos”, enalteceu o especialista em realeza Mark Borkowski ao jornal inglês.

Nas primeiras imagens da conversa de Meghan e Harry com Oprah Winfrey, o príncipe relatou o pânico em que vivia devido à pressão mediática. “O meu maior medo era que a história se repetisse”, apontou, fazendo alusão ao acidente que tirou a vida à mãe, a princesa Diana.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo