Harry e Meghan planeiam ganhar milhões de euros

Rainha foi apanhada de surpresa com anúncio de afastamento e está furiosa. Família real britânica em pé de guerra.
Harry e Meghan
Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan
Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan Markle
Harry e Meghan Markle
10 jan 2020 • 01:30
Rute Lourenço
"É uma declaração de guerra à rainha", diz uma fonte próxima da família real britânica ao jornal ‘The Sun’, depois de ter sido noticiado que Harry e Meghan não consultaram Sua Majestade antes de fazerem o anúncio de que pretendiam afastar-se do clã e deixar de ser altos membros da família real, passando a ser financeiramente independentes.

"Este anúncio não foi validado com ninguém, quebra todos os protocolos. A rainha está profundamente chateada", diz a fonte, acrescentando que os duques "não pensaram nas implicações da sua atitude na família real".

O mal-estar foi denotado através do comunicado emitido pelo Palácio em que se lê que o assunto terá de ser muito bem discutido.

Nova vida de muitos milhões
A intenção de cortar com a família real britânica faz com que Harry deixe de receber anualmente cerca de 2,3 milhões de euros do Palácio. No entanto, o duque e a mulher poderão ganhar muito mais longe da realeza. Segundo o jornal ‘The Sun’, Harry poderá ser uma figura de renome a nível internacional e lucrar perto de meio milhão de euros para falar em conferências e eventos de topo mundiais.

O mesmo acontecerá com Meghan. Só com o seu blogue de lifestyle [que antigamente lhe valia cerca de 75 mil euros por ano], a duquesa poderá ganhar uma fortuna. E a sua carreira de atriz irá também conhecer um cachê bastante diferente. Para participar na série ‘Suits’, a mulher de Harry cobrou na altura perto de 400 mil euros, mas esse valor deverá atingir a escala dos milhões com o novo estatuto.

O casal estará ainda a preparar o lançamento de uma marca de merchandising de produtos como vestuário e pequenos presentes com o seu nome que, segundo os especialistas, pode render mais de 500 milhões de euros. Apesar de, juntos, serem uma marca valiosa, a verdade é que em Inglaterra a popularidade de Harry e Meghan está em queda livre, com os críticos a afirmarem que o irmão de William passou a ser "manipulado e controlado" pela mulher.

Eles chegaram a ser os ‘fab 4’
Eles chegaram a ser considerados os ‘The Fab 4’ - como os Beatles eram apelidados - mas por pouco tempo. Cedo se percebeu que a imagem dos irmãos e respetivas mulheres unidos não se iria repetir muitas vezes e a guerra acabou por estalar.

Com Meghan e Kate a não se entenderem - elas que chegaram a discutir por causa de um vestido antes do casamento da duquesa com Harry - os irmãos também se afastaram e hoje em dia mal se falam.

Também William não foi consultado sobre a decisão tomada por Harry de se afastar da realeza e ficou indignado. O príncipe Carlos terá recebido o comunicado dez minutos antes da imprensa.

Querem criar filho nos EUA
Ao anunciarem a decisão de se afastar da realeza, Harry e Meghan deixaram claro que pretendem dividir-se entre Inglaterra e os Estados Unidos, onde irão passar a maior parte do tempo e onde planeiam criar o filho, Archie, de oito meses. A decisão foi anunciada depois de o casal ter passado o último mês e meio no Canadá.

Meninos queridos de Inglaterra
Órfãos de mãe desde tenra idade [a princesa Diana morreu em agosto de 1997], William, de 37 anos, e Harry, de 35, transformaram-se nos meninos queridos dos britânicos, e a sua união era olhada com ternura pelos súbditos. Os irmãos chegaram mesmo a revelar um pedido da mãe, que dizia para se manterem sempre unidos. No entanto, os dois estão agora de costas voltadas.

PORMENORES
‘Megxit’
Esta quinta-feira, todos os jornais britânicos, sem exceção, deram destaque à decisão de Harry e Meghan em afastarem-se da realeza. O título ‘Megxit’ dominou as manchetes.

Fortuna
O príncipe Harry tem uma fortuna pessoal avaliada em cerca de 40 milhões de euros, parte dela recebida como herança da mãe, a princesa Diana.

Mantêm residência
Apesar de se prepararem para abandonar os deveres reais, Harry e Meghan vão manter a sua casa de luxo oferecida pela rainha.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo