Harry é vítima de fraude e revela ao mundo segredos da família real

O duque de Sussex admitiu que viver no Canadá está a ser muito melhor do que fazer parte da família real britânica.
Meghan Markle e Harry
Greta
Meghan Markle e Harry
Greta
11 mar 2020 • 14:31
Após ter-se tornado independente da família real britânica, juntamente com a mulher, Meghan Markle, o príncipe Harry foi agora vítima de uma fraude e viu algumas confissões serem reveladas publicamente.

O filho mais novo da princesa Diana foi enganado e, durante uma chamada na qual pensava estar a falar com Greta Thunberg, de 17 anos, e o pai da ativista, Svante, acabou por ser confrontado com a fase que está a viver e desabafar. Afinal, Harry estava a manter contacto com os russos Vladimir Kuznetsov e Alexey Stolyarov, que acabaram por divulgar a conversa na Internet.

Segundo é avançado, a conversa aconteceu durante chamadas telefónicas na véspera de Ano Novo e no dia 22 de janeiro enquanto estava na ilha de Vancouver, no Canadá. 


O duque de Sussex, que já tinha desabafado sobre o assunto, admitindo que estava triste pela forma como as coisas aconteceram, admitiu agora que optou por se retirar da vida real para "proteger" o filho, o pequeno Archie.

"Passei muitos e muitos anos a ser criticado pela imprensa por fazer todo tipo de coisa e tentar mudar a maneira como pensamos. Esta decisão certamente não foi fácil, mas foi a decisão certa para nossa família, a decisão certa de poder proteger meu filho. E acho que muitas pessoas ao redor do mundo podem identificar isso e respeitar-nos por colocarmos a nossa família em primeiro lugar", desabafou Harry.

"Sou
 mais normal do que minha família gostaria de acreditar. Mas certamente estar numa posição diferente agora, dá-nos a capacidade de dizer e fazer coisas que talvez não pudéssemos fazer. Dá-nos a oportunidade de tentar fazer mais diferença sem ser criticados", disse ainda. 

Harry também esclareceu a questão que foi noticiada sobre este e a mulher terem perdido os títulos reais, e garantiu que nunca ia usar isso para conseguir fazer dinheiro. "Estamos a ganhar dinheiro separadamente dentro da estrutura familiar. Obviamente é pedido que não usemos os nossos títulos para ganhar dinheiro, algo que nunca faríamos", afirmou.

Sobre a relação com a família real britânica, Harry admitiu: "Estamos completamente separados da maioria da minha família", afirmando ainda que está mais satisfeito com a "normalidade" que vive agora do que com a vida que mantinha na família real.

Recorde-se que a rainha Isabel II sempre foi contra a decisão de Harry e Meghan de se tornarem independentes da família real. O irmão de Harry, o príncipe William, também já manifestou a relação distante que os dois estão a viver. 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo