“Houve risco de perder a Cinha Jardim”

Cardiologista da socialite marcou presença no programa ‘Manhã CM’, da CMTV.
Cinha Jardim, de 66 anos, já regressou a casa
Diogo Torres, cardiologista de Cinha, esteve no ‘Manhã CM’
Cinha Jardim, de 66 anos, já regressou a casa
Diogo Torres, cardiologista de Cinha, esteve no ‘Manhã CM’
09 mai 2023 • 01:30
Cinha Jardim, de 66 anos, já saiu do hospital e após ter regressado a casa, o seu cardiologista, Diogo Torres, marcou presença no programa ‘Manhã CM’, da CMTV, para falar do que aconteceu à socialite.

"Foi confirmado o enfarte e foi submetida a um cateterismo na quinta-feira", disse Diogo Torres. E acrescentou: "É um procedimento demorado, foram cerca de três horas de intervenção."

Quando questionado por Duarte Siopa, apresentador do formato, sobre se havia risco de perder a comentadora, o cardiologista confirmou a hipótese. "Houve risco de perder a Cinha. O enfarte é uma situação potencialmente mortal, mas correu tudo bem. Penso que houve uma estrelinha que a protegeu", disse.

Diogo Torres deixou um apelo sobre os cuidados a ter com o coração: "Controlem o consumo de sal, o sedentarismo e o tabaco", concluiu.
Mais sobre
Newsletter
topo