Hulk recorre à justiça brasileira para manter contacto com os filhos

Iran impede craque de ver os filhos após este assumir amor pela sua sobrinha.
Hulk e Camila viviam juntos na mesma casa que o craque partilhava  com a mulher, na China. Só agora assumiram que estão apaixonados
Hulk e Camila viviam juntos na mesma casa que o craque partilhava com a mulher, na China. Só agora assumiram que estão apaixonados
Foto: Direitos Reservados
13 jan 2020 • 01:30
Carolina Cunha
Após ter anunciado o fim do casamento com a mulher, Iran Ângelo, com quem tem três filhos em comum, Hulk foi obrigado a recorrer à Justiça brasileira para manter contacto com os pequenos Ian, de 10 anos, Thiago, de 8, e Alice, de 6.

O jogador interpôs um processo-crime de alienação parental contra a antiga companheira uma vez que a mesma tem dificultado o contacto com as crianças.

O processo deve-se a "dificuldades de ver e ter informações dos filhos", disse Marisa Alija, advogada do antigo jogador do FC Porto, à imprensa brasileira. Segundo a advogada de Hulk, desde o fim de agosto, quando ocorreu a separação do casal, Iran tem feito de tudo para impedir as visitas do jogador aos filhos.

O casal enfrenta mais dois processos na Justiça brasileira para definir a partilha de bens. Recorde-se que após a separação Hulk assumiu uma relação com Camila, sobrinha da sua ex-companheira.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo