Luciana implora para não morrer

"Implorei a Deus para não me levar", disse a cantora.
Foto: Filipa Couto
26 jan 2016 • 08:26
Rute Lourenço
Luciana Abreu já se encontra em casa a recuperar, depois de ter sido levada, no domingo, de urgência pelo INEM para o Hospital de Cascais, devido a um choque anafilático. A atriz, que teve uma reação alérgica ao camarão, garante ter vivido momentos de pânico.

"Mais uns minutos e tinha morrido. Os meus olhos começaram a inchar muito, a ficar muito vermelhos, a minha voz desapareceu, comecei a ficar completamente deformada, a minha boca e a minha língua incharam imenso... Eu já não conseguia respirar", afirma Luciana Abreu, que, durante o momento de pânico, garante ter rezado e suplicado para recuperar. "Implorei a Deus para não me levar."

Prontamente atendida no hospital, Luciana Abreu agradece o apoio da equipa médica que a acompanhou. "Fui atendida por uma equipa maravilhosa, a quem estou mais do que grata por me ter salvo a vida, pois mais uns minutos e teria sido fatal."

A atriz, de 30 anos, revela ainda que nunca tivera alergia ao camarão, razão pela qual não percebeu aquilo que lhe estava a acontecer. "Não fazia ideia. Já tinha comido, mas pelo visto ao longo do tempo fiquei intolerante ao camarão... Mas como Abreu que sou estou a recuperar rápido, pois, como sabem, tenho duas minienfermeiras e uma mãe única e maravilhosa a cuidarem de mim 24 horas sobre 24 horas por dia."

Após o susto, Luciana Abreu recebeu milhares de mensagens de carinho na sua página do Facebook, onde agradeceu aos fãs pela preocupação demonstrada. "O meu telefone não pára... comovo-me com as vossas manifestações de carinho e amizade." A atriz terá agora de ficar uns dias em repouso, de forma a recuperar completamente.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo