Irina e Bradley vão disputar custódia da filha em tribunal

Modelo quer viver com a filha em Nova Iorque, a 4000 km de distância.
Irina Shayk e Bradley Cooper
Irina Shayk e Bradley Cooper estão separados
Irina Shayk e Bradley Cooper
Irina Shayk e Bradley Cooper
Irina Shayk e Bradley Cooper
Irina Shayk e Bradley Cooper estão separados
Irina Shayk e Bradley Cooper
Irina Shayk e Bradley Cooper
28 jun 2019 • 01:30
Rute Lourenço
Irina Shayk e Bradley Cooper preparam-se para travar uma batalha judicial por causa da filha Lea, de dois anos.

Em causa está, de acordo com a revista ‘Grazia’, o facto de a modelo russa querer viver com a bebé em Nova Iorque, a 4000 quilómetros de distância do ator, que irá permanecer em Los Angeles para um novo projeto cinematográfico.

"A Irina nunca se adaptou a Los Angeles, até porque a mãe do Bradley vivia com eles, o que provocava bastante tensão", começa por contar uma fonte, acrescentando que, no último mês, Irina decidiu abandonar a mansão do galã com a filha e regressar a Nova Iorque, onde vivia anteriormente.

Ainda segundo a mesma publicação, o ex-casal tem tentado manter uma "postura calma" por causa da filha, mas o entendimento tem estado complicado, razão pela qual deverão avançar para tribunal.

Nesta fase difícil, Irina mostra-se dedicada à filha e foca-se, mais do que nunca, na sua carreira na moda.

Problemas começaram com o caso Lady Gaga
Os problemas na relação de quatro anos entre Irina Shayk e Bradley Cooper começaram durante as filmagens do filme ‘Assim Nasce uma Estrela’.

"A Irina sentiu que quando ele esteve a gravar não estava emocionalmente presente para ela. E ver toda aquela química matou ainda mais a relação", diz uma fonte, acrescentando ainda que, no entanto, muito dificilmente haverá um romance assumido entre Cooper e Gaga.

"Eles são muito bons amigos, há química, mas não há forma de estarem juntos, pelo menos para já".
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo