Irmã de Cristiano Ronaldo internada com Covid-19 continua a ser contra as vacinas

Katia Aveiro apresentou melhorias no estado de saúde.
Katia Aveiro dá conta das atualizações do seu estado de saúde através da conta pessoal de Instagram
Katia Aveiro dá conta das atualizações do seu estado de saúde através da conta pessoal de Instagram
Katia Aveiro dá conta das atualizações do seu estado de saúde através da conta pessoal de Instagram
Katia Aveiro dá conta das atualizações do seu estado de saúde através da conta pessoal de Instagram
29 jul 2021 • 01:30
Carolina Cunha
A irmã de Ronaldo continua internada no Hospital do Funchal, devido a uma pneumonia, consequência do vírus da Covid-19. Ainda a recuperar, Katia Aveiro, de 44 anos, apresenta melhorias significativas, já não estando dependente do suporte de oxigénio. "Mais uma batalha vencida", escreveu na nova publicação. Apesar de ter sido apanhada pelo vírus, a empresária, que ainda não foi vacinada, mostrou uma postura negacionista quanto ao processo de vacinação. Segundo a filha de Dolores Aveiro, na sua família houve quem já tivesse tomado a vacina e que ao testar positivo para o coronavírus tenha tido "sintomas bem fortes".

"Em relação às vacinas não as tomei, mas no momento isto é o que menos importa. No meu grupo que testou positivo tinha pessoas vacinadas e que tiveram de ser internadas e com sintomas bem fortes. Posso garantir, então pessoal, que existe muita discussão, mas que agora não me apetece discutir no momento", afirmou. Recorde-se que em outubro de 2020, CR7 esteve infetado e Katia acabou por afirmar tratar-se da "maior fraude". Estas declarações não foram esquecidas e quando revelou ter contraído a doença, alguns seguidores recordaram a sua opinião sobre a Covid-19.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo