Isabel Angelino: “Sempre que há um pouco de sol, dou um saltinho à praia”

Levámos a apresentadora da RTP à praia e pedimos-lhe que fizesse um roteiro das suas praias de eleição.
Isabel Angelino
Isabel Angelino
Isabel Angelino
Ilha Deserta
Praia da Ursa
Praia do Tonel
Praia da Gelfa
Praia da Arrifana
Isabel Angelino
Isabel Angelino
Isabel Angelino
Ilha Deserta
Praia da Ursa
Praia do Tonel
Praia da Gelfa
Praia da Arrifana
27 jun 2019 • 16:00
Duarte Faria
Foi na passada sexta-feira, dia 21, quando os relógios indicaram as 16h54, que ocorreu no hemisfério Norte o solstício de verão, momento em que o Sol atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do Equador.

E se verão é sinónimo de calor, é também de férias e praia para milhões e milhões de portugueses, que optam pelos três meses que aí vêm para usufruir do seu descanso.

Foi a pensar nisso que a ‘Sexta’ pediu a Isabel Angelino para elaborar um roteiro de praias da sua preferência e partilhá-lo com os leitores. Como não podia deixar de ser, levámos ainda a apresentadora da RTP a passear na praia e comprovámos o quanto gosta de passar um dia entre a areia e o mar. E não apenas no verão.

"Adoro praia o ano inteiro. Sempre que há um pouco de sol e a minha profissão o permite, dou um saltinho à praia. Tenho uma grande necessidade de ver o mar, de sugar a sua energia, de sentir o calor na pele e o cheiro a maresia que me repõe baterias", conta Isabel Angelino. No entanto, a apresentadora de 52 anos deixa um conselho: "Não deixem de usar protetor solar, mesmo no inverno. Eu uso protetor no rosto todos os dias."

Sempre que tem oportunidade, Isabel Angelino aproveita ainda a tranquilidade e paz da praia para meditar. "Gosto de o fazer ao final do dia. Aproveito para agradecer ao universo tudo o que de bom me tem acontecido na vida." Os passeios pelos areais com a sua cadela, Sury, são outra das constantes na vida da apresentadora.

PRAIAS DE ELEIÇÃO
Ilha Deserta: grande areal e águas quentes
"Uma das praias que mais adoro fica no ponto mais a sul de Portugal. Estou a falar, é claro, da praia que fica situada na Ria Formosa: a ilha da Barreta ou ilha Deserta, que faz parte da reserva natural da Ria Formosa e que tem um extenso areal, com água bastante quente. Só acedemos à praia através de barco e há lá um restaurante fantástico, O Estaminé, que recomendo. É um pouco caro, mas tem um peixe e um marisco divinais. De comer e chorar por mais!"

Ursa: uma das praias mais belas do mundo
"Outra das minhas praias preferidas é a praia da Ursa e fica situada perto do Cabo da Roca, Sintra. Também ela é bastante reservada, devido ao difícil acesso que se faz por uma enorme escadaria. Esta praia é considerada pelo Guia Michelin como uma das praias mais belas do Mundo e realmente é uma maravilha. Um único senão: não tem bar de apoio, portanto quem pense dar lá uma saltada – e um belo mergulho – deve levar uns snacks para petiscar."

Tonel: paisagem linda e um areal deserto
"Um local a visitar, sem dúvida alguma, é a praia do Tonel – atenção que não é a de Sagres. Estou a falar da Zambujeira do Mar... Esta praia é de muito difícil acesso, admito, mas depois de uma descida muito íngreme pela falésia chegamos a um espaço que é o verdadeiro paraíso. Claro que, dadas as características que mencionei, aqui também não há qualquer bar de apoio, o que implica ter de levar comida. Mas a paisagem é linda e o areal é quase só para nós!"

Gelfa: uma praia de mar puro e selvagem
"Uma das minhas praias preferidas fica bem a norte do País: é a praia do Forte do Cão ou da Gelfa, como também é conhecida, em Caminha. Tem um extenso areal e uma zona rochosa, é uma praia reservada, com um extenso passadiço ótimo para fazer caminhadas até à Vila Praia de Âncora. Mas atenção que a força do mar é imensa, embora as ondas sejam realmente lindas! Mar puro e selvagem! Há um restaurante com peixe e marisco frescos a bom preço. Chama-se Camarão."

Arrifana: um bom sítio para aprender a surfar
"Finalmente, gostaria de referir a praia da Arrifana, em Aljezur, que é, sem dúvida alguma, um local privilegiado, de uma beleza única, com uma vista absolutamente deslumbrante a partir da falésia. Recomendo este local paradisíaco aos amantes do surf, sobretudo aos que se estão a iniciar no desporto, como é o meu caso. Isto porque as ondas, sendo bastante boas, não são tão assustadoras que mantenham os mais tímidos afastados do mar..."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo