Isabel Silva esclarece saída da TVI: "Tenho a certeza que tomei a melhor decisão"

Antiga apresentadora da TVI esteve à conversa com Rui Unas no podcast 'Maluco Beleza'.
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Isabel Silva
Cristina Ferreira e Isabel Silva
16 mar 2021 • 18:39
Isabel Silva surpreendeu tudo e todos ao anunciar a saída da TVI ao fim de 10 anos ao serviço da estação. Agora, a apresentadora explicou a sua decisão e negou a zanga com a diretora de Entretenimento e Ficção do canal, Cristina Ferreira

Convidada de Rui Unas no podcast 'Maluco Beleza', a comunicadora esclareceu a saída da estação televisiva, sem quaisquer rodeios. "Não me chateei com a Cristina, mas 2021 é assim um ano de profunda transformação da minha pessoa, que pode ter tanto de assustador como de magnífico, mas quando tens a certeza das decisões que tomas eu estou tranquila, serena e positiva", começou por dizer.

Belinha, como é carinhosamente tratada, explicou ainda que tinha um contrato de exclusividade com o canal: "Tinha um contrato de exclusividade há seis/sete anos e que era automaticamente renovado ao fim de um tempo".

De seguida, confessou que tinha vontade de aprender coisas novas. "Eu gosto de viver a vida com muito entusiasmo, porque é isso que a vida pede e levar a vida com leveza e perceber que nós só saímos, só crescemos, só evoluímos quando tu estás disposto a transformar-te. E o que é que estava a acontecer nesta fase da minha vida? Eu tenho uma necessidade profunda de andar sempre a aprender, de conhecer pessoas, projetos. Eu gosto de sentir que eu estou a evoluir. Eu acho que esse tem que ser o processo e em boa verdade eu tinha vontade de fazer outro tipo de coisas", afirmou. 

"É por eu gostar muito de televisão e por querer continuar em televisão que eu decidi fechar um capítulo. É exatamente por isso, ou seja, eu tenho um profundo carinho pela TVI, porque foi lá que eu cresci, que eu aprendi, que eu me construí como repórter...", acrescentou. 

"Esta decisão foi muito pensada, muito ponderada e dói porque são 10 anos. Mas tenho a certeza que tomei a melhor decisão, da mesma forma que tenho a certeza que adoro a TVI e que é um canal que vai ficar para sempre no meu coração", concluiu. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo