Iva Lamarão sofre pelos pais que vivem em Ovar: "Não sei quando poderei ir ter com eles"

Apresentadora está em Lisboa de quarentena e é a irmã que tem apoiado os pais
A modelo e apresentadora Iva Lamarão
A modelo e apresentadora Iva Lamarão
Foto: Direitos Reservados
24 mar 2020 • 18:35
Iva Lamarão não esconde o sofrimento e preocupação que sente pelos pais, que vivem em Ovar, a sua terra natal, onde foi decretado o estado de calamidade pública. 

"Eu não estou em Ovar porque por questões de trabalho fui ficando por Lisboa. Também por uma questão de sensatez e por perceber que os meus pais estão numa idade de risco, achei que o melhor que faria era estar um pouco longe deles nesta altura", começou por contar no programa 'Júlia', da SIC, referindo que a família está em isolamento. "Às vezes com alguma dificuldade de os convencer porque a vontade é de sair. Especialmente o meu pai, mas tenho tentado que fiquem em casa… Estão sempre a acompanhar as noticias e têm consciência de que o estado de calamidade é realmente grave".

A apresentadora explica que tem sido a irmã a sair para fazer compras "com todos os cuidados e só quando é preciso algo de urgente em casa".

"Aquilo que a minha mãe conta é o que vê através da janela. Há muito pouca gente na rua, praticamente ninguém. As pessoas em Ovar estão mesmo a respeitar a ordem de restrição", revelou ainda.

Iva tem acompanhado tudo à distância e não esconde as saudades. "Eu estou longe, mas sempre que era preciso eu pegava no carro e ia ter com eles, ou eles vinham ter comigo. Neste momento estamos privados disso e não sei quando é que vou poder sair daqui, de Lisboa, porque também estou em isolamento, e ir ter com eles. Temos falado por videochamada, mas não é a mesma coisa".

Entretanto, durante o período de quarentena, Iva Lamarão aproveitou para partilhar com os seguidores um vídeo de um trabalho de moda que fez.

A carregar o vídeo ...
Iva Lamarão mostra trabalho de moda
Mais sobre
Newsletter
topo