“Já espero muito pouco da vida”, diz Judite de Sousa

Jornalista da TVI assume que a nível pessoal não deposita grandes expectativas.
Judite Sousa assume que o regresso ao trabalho se deveu, sobretudo, para homenagear o filho, André
Judite Sousa, Cristina Ferreira, André Sousa Bessa, emoção, filho
Foto: Direitos Reservados
06 mai 2017 • 09:36
Rita Montenegro
Quase três anos após a morte do filho, Judite Sousa admite que a única coisa que a conforta é o facto de André Sousa Bessa não ter sofrido quando, em junho de 2014, morreu, aos 29 anos, após uma queda numa piscina.

"O meu filho partiu com um ar sereno, feliz, com um ligeiro sorriso e muito tranquilo. O meu filho não sentiu o que lhe aconteceu. E se há algo que me conforta na vida é saber que o meu filho não sofreu", confessou a jornalista a Cristina Ferreira.

Agora, é no trabalho que se concentra, até porque a nível pessoal, não ambiciona nada. "Depois do que me aconteceu, já espero muito pouco da vida", disse, deixando bem claro: "Eu procuro viver, sobrevivendo". 

Judite Sousa diz ainda que regressou ao trabalho muito por causa de André Sousa Bessa. "O André quereria que a mãe voltasse a trabalhar. Ele quereria que eu voltasse a sorrir, a sair em reportagem".
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo