'James Bond' contrata orientador para cenas de sexo

Daniel Craig e Ana de Armas são os protagonistas do filme, que estreia em 2020.
Daniel Craig e Ana de Armas na apresentação de 'Bond 25'
Daniel Craig
Daniel Craig
Daniel Craig
Daniel Craig
Daniel Craig e Ana de Armas na apresentação de 'Bond 25'
Daniel Craig
Daniel Craig
Daniel Craig
Daniel Craig
21 mai 2019 • 12:28
Em 2020 chega um novo filme de James Bond. Daniel Craig, de 51 anos, e Ana de Armas, de 31, vão protagonizar 'Bond 25' (título provisório). 

Segundo o 'The Sun' apurou, a produtora decidiu contratar um orientador para as cenas de sexo de forma a que os atores se sintam mais confortáveis. "Tudo mudou na era #MeToo e eles estão a chegar a extremos para garantir que todas as estrelas recebem o suporte necessário no estúdio, inclusive durante algumas as cenas mais íntimas".

"É um passo na direção certa - não apenas para Bond, mas para a indústria como um todo", revelou a mesma fonte. 

A atriz cubana Ana de Armas já trabalhou com Daniel Craig no filme 'Knives Out', que será lançado este ano. 

As gravações da película tiveram de ser interrompidas depois do ator se ter magoado no tornozelo durante as filmagens na Jamaica. "O Daniel ficou furioso por ter sofrido uma lesão depois de passar meses num estado físico ótimo", revelou uma fonte ao jornal 'The Sun'.

Mas, apesar da lesão, 'Bond' já está apto a voltar a gravar. "A lesão não é tão grave como se acreditava. Ele estará de volta ao set dentro de uma semana", contou a mesma fonte. 

Em 'Bond 25', Bond, que estava afastado do serviço, volta ao ativo com a chegada de um amigo da CIA à Jamaica. O vilão será interpretado por Rami Malek, que ganhou o Óscar com o desempenho na pele de Freddie Mercury em 'Bohemian Rhapsody'.  
 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo