Jessica Athayde regressou ao trabalho e sente-se culpada por deixar o filho: "Existe peso na consciência"

Atriz não trabalhava desde que o Oliver nasceu.
Jessica Athayde e Oliver
Jessica Athayde e Oliver
Jessica Athayde e Oliver, de um ano e meio
Jessica Athayde e Oliver
Jessica Athayde e Oliver
Jessica Athayde e Oliver
Jessica Athayde e Oliver, de um ano e meio
Jessica Athayde e Oliver
18 fev 2021 • 12:45
Jessica Athayde está de regresso ao trabalho e admite que se sente culpada por deixar o filho, Oliver, de um ano e meio.

A atriz já não tinha um projeto regular em televisão desde 2018 e, desde o nascimento do bebé que tem estado 100% dedicada à maternidade.

"Comecei a trabalhar a semana passada, mega feliz porque não trabalhava desde que o Oli nasceu e tem sido muito importante para mim voltei ao ativo e não ser só mãe. Com horários tramados para fazer parte da rotina dele e nas minhas saídas a ouvi-lo a dizer com lágrimas nos olhos : - No Bye Bye mummy No (dramática a criança)", começou por partilhar com os seguidores.

"Passei os últimos dias a fazer o caminho até ao trabalho a sentir-me a maior m**** de mãe... apesar de saber que o puto fica na maior e passado 5 minutos nem se lembra de mim".

Jessy, como é tratada pelos amigos, admite que o sentimento de culpa a levou a compensar o filho com uma prenda. "O peso na consciência que não devia existir mas EXISTE levou-me a comprar um trampolim. Em criança sempre quis ter um e agora dei um ao meu filho, é feio ,é um mono que passei a ter no meu jardim, mas o puto está feliz".

Oliver nasceu em junho de 2020 e é fruto da relação da atriz com Diogo Amaral.


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo