Joana Diniz volta a atacar o pai da filha: "Queria que eu abortasse"

A ex-concorrente da 'Casa dos Segredos' voltou a falar do drama com o ex-companheiro, que garante que não a ajuda com a bebé, Valentina. "Nunca lhe deu nada", afirmou.
A carregar o vídeo ...
Joana Diniz desabafa com Teresa Guilherme sobre pai da filha
18 mai 2020 • 13:36
Joana Diniz desabafou com Teresa Guilherme durante um direto da apresentadora sobre a maternidade.

A jovem, que é mãe de Valentina, nunca escondeu ter tido uma gravidez conturbada no que respeita à relação com o pai da filha, o ex-namorado Igor Sanchéz. 

Mais uma vez, a ex-concorrente da 'Casa dos Segredos' falou sobre o assunto sem papas na língua.

"O que aconteceu com o pai da Valentina? Separaram-se e pronto?", questionou Teresa Guilherme durante a conversa que foi transmitida em direto através das redes sociais.

"O pai da Valentina soube que eu estava grávida e passado duas semanas separámo-nos. Cada vez que falava com o pai dela ele tentava defender-se mas para se defender magoava-me a mim. Decidi para meu bem estar psicológico e emocional e para ser uma boa mãe afastar-me dele", começou por contrar a participante da quarta edição do reality-show da TVI. 

"Ele chamava-lhe 'feto'. Perguntava-me: 'Como está o feto?' em vez de dizer que era a filha dele. Aquilo começava a mexer com o meu sistema nervoso", desabafou Joana.

"E pronto depois a menina nasceu e o pai apareceu passado uns dias. Ela só tem o nome do pai há uns quatro meses. Eu tive de ir a tribunal para ele dar o nome dele à menina. É feio mas foi isto que aconteceu", contou, revelando que esta situação é das coisas que mais a entristece, depois de ter mantido uma relação durante três anos com o ex-namorado, pai da criança. 

Atualmente, Joana Diniz garante que os dois não mantêm contacto e voltou a afirmar que Igor é um pai ausente.

"Ele vem ver a filha quando quer e bem lhe apetece. A minha filha nem sabe hoje em dia quem é o pai. Não o vê há três meses", afirmou, admitindo, no entanto, que a família do ex-namorado se preocupa com o seu bem-estar e da filha e que a relação com eles continuou saudável até hoje. 

"Quando nos sepáramos ele quis que eu abortasse e eu não abortei. Quando estávamos bem ele queria ser pai, quando já não estávamos ele já não quis e foi pai contrariado. Eu não conto com nada do pai da minha filha. Ele nunca me deu um pacote de fraldas, nunca me deu um carrinho de bebé, nunca me deu nada", realçou Joana, que se considera "pai e mãe desde a gestação".

Apesar da mágoa que sente pelo drama que tem vivido, Joana Diniz garante que se sente bem resolvida com o que passou e continua a mostrar-se uma 'mãe babada' ao lado da pequena Valentina. A jovem não resiste a partilhar alguns momentos ternurentos com a bebé. 

Além disso, Joana Diniz demonstra estar a viver um romance feliz com o atual namorado e não lhe poupa as declarações de amor. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo