Joana do ‘Big Brother – A Revolução’ faz frente a Teresa Guilherme e critica prova do programa

Jovem não se inibiu de partilhar o que achava da prova para apurar o primeiro finalista do programa.
Joana Albuquerque
Teresa Guilherme
Joana Albuquerque
Joana 'Big Brother'
Teresa Guilherme
Joana Albuquerque
Teresa Guilherme
Joana Albuquerque
Joana 'Big Brother'
Teresa Guilherme
21 dez 2020 • 17:05

Joana Albuquerque voltou a entrar na casa do ‘Big Brother – A Revolução’. Após ser expulsa, a jovem entrou como infiltrada e encontra-se no esconderijo da casa a avaliar o jogo dos concorrentes. Na gala deste domingo, Joana criticou a prova para apurar o primeiro finalista do reality show e juntamente com Teresa Guilherme protagonizou um momento de alta tensão. 

"A prova da piscina é muito tendenciosa, não é?", questionou a jovem à apresentadora, referindo-se ao desafio em que os concorrentes da casa tiveram de mergulhar na piscina para encontrar a chave do cadeado com a cor do fato que vestiam. Renato e Zena foram os mais rápidos e, por isso, foram a votos do público para ganharem o passaporte para a final. A concorrente madeirense acabou por ser a escolhida.

"(A prova) é um bocadinho tendenciosa. Só as pessoas que têm habilidade física é que conseguem fazer", afirmou Joana. No entanto, Teresa Guilherme discordou: "Tendenciosa não. Até tivemos um rapaz e uma rapariga a ganhar, portanto…". Posteriormente, a jovem atirou: "Que, por sinal, são os dois que mais treinam na casa".

A apresentadora não gostou da acusação e respondeu: "Qualquer um podia ter a sorte de encontrar a chave. E depois, Joana, sabe que é isso com todos os jogos físicos: quem tem menos treino acaba sempre por ficar para trás, seja lá em qual das coisas for. Nem que seja dançar durante horas".

 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo