Joana Madeira emocionada: "Chorei ao saber que a minha parvoíce afinal serve para fazer alguém rir"

A mulher de Eduardo Madeira revelou que tem recebido várias mensagens a agradecer por "arrancar" gargalhadas neste período difícil.
Joana Madeira
Joana Madeira e Eduardo Madeira
A filha do casal Eduardo e Joana Madeira, Leonor
Joana Madeira
Joana Madeira e Eduardo Madeira
A filha do casal Eduardo e Joana Madeira, Leonor
31 mar 2020 • 15:21
Depois de revelar que está fechada em casa há 20 dias a cumprir a quarentena na companhia do marido, Eduardo Madeira, e da filha de ambos, Leonor, Joana Madeira partilhou um desabafo onde não esconde a emoção que sente por alguns testemunhos que recebeu.

A mulher do humorista admite que ficou radiante ao saber que tem tornado os dias de algumas pessoas que estão a cumprir o isolamento social mais alegres.

"Recebi várias mensagens de pessoas que estão em casa, muitas delas sozinhas, outras já de idade avançada, isoladas dos seus filhos e netos, outras mais novas, mas também longe dos seus, pois estão a trabalhar. Todas elas com testemunhos da sua quarentena", começou por escrever.

"Todas estas pessoas, e foram muitas, agradeceram os meus vídeos. Disseram-me que as faço rir, que as faço esquecer esta situação. Que, por vezes, quando choram em casa e estes meus momentos aparecem nas redes, soltam uma gargalhada", contou Joana, que confessa que também chorou ao ler estes temunhos, admitindo ser "uma chorona".

"Chorei ao perceber que a minha parvoíce, que outrora achei que não me poderia beneficiar em nada, hoje, numa altura como esta, afinal serve para alguma coisa. Serve para fazer alguém rir, para fazer alguém feliz", afirmou, garantindo que é algo que "não tem preço".

A ex-concorrente do reality-show da TVI 'Like Me' terminou o texto emotivo a prometer ter forças para continuar a alegrar quem mais precisa durante o período difícil que se atravessa, devido ao surto de coronavírus: "Tentarei amanhã acordar com a mesma boa disposição e parvoíce de sempre e ajudar-vos a ganhar forças para mais um dia".

Joana Madeira juntou ao texto emocionado um vídeo onde surge, borrada de maquilhagem por ter estado a chorar, na companhia de Eduardo Madeira, a dançar, de forma a animar os seguidores mais uma vez.

Joana Madeira já tinha partilhado anteriormente o quanto está a ser complicado cumprir a quarentena na companhia da filha Leonor. "É lhe difícil perceber que lá fora pode haver um 'bicho' tão mau capaz de nos fazer mal e até matar", escreveu Joana ao mostrar-se com a filha nas redes sociais, que admitiu ainda que o que mais lhe custa é não saber quando vai poder voltar a sair com a menina. 

Recorde-se que Joana Madeira esteve recentemente no programa da CMTV 'FlashVidas', onde também mostrou o lado mais sensível ao falar sobre a relação com Eduardo Madeira.

A carregar o vídeo ...
Joana Madeira emociona-se: "Sinto-me desvalorizada por ser mulher do Eduardo"
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo