John Travolta perde mulher... e a fé

Estrela vende refúgio perto da sede da cientologia, na Flórida, um ano após morte de Kelly Preston
John Travolta e Kelly Preston
Kelly Preston, John Travolta e os filhos, Ella e Benjamin
Kelly Preston, John Travolta e os filhos, Ella e Benjamin
John Travolta e Kelly Preston
Kelly Preston, John Travolta e os filhos, Ella e Benjamin
Kelly Preston, John Travolta e os filhos, Ella e Benjamin
22 ago 2021 • 20:14
Um ano após a morte de Kelly Preston (a 12 de julho de 2020), aos 57 anos, vítima de cancro da mama, John Travolta, de 67, decidiu vender a casa onde esta passou os seus últimos dias. Localizada em Clearwater (Florida, Estados Unidos), a mansão de luxo foi adquirida pelo casal em 2017 por ficar a pouco mais de um quilómetro da sede da igreja da Cientologia, da qual eram, juntamente com Tom Cruise, os principais rostos.

Protegida por muros e envolvida por uma floresta tropical, a casa está inserida numa propriedade de 11 000 metros quadrados e tem dois pisos, cinco quartos e cinco casa de banho, distribuídas por uma área de 560 metros quadrados. Adquirida há quatro anos por 2,5 milhões de euros, foi agora vendida por pouco mais de 3 milhões. Contudo, o lucro não parece ter sido o motivo da venda.

Amigos próximos do casal dizem que desde a morte de Preston que Travolta tem estado cada vez mais afastado da Cientologia, não conseguindo ultrapassar a perda da companheira de mais 30 anos, com quem teve três filhos: Jett (morreu em 2009, aos 16), Ella, de 21, e Benjamin, de 10.

Sede na Florida custou 174 milhões

Tom Cruise e John Travolta, dois dos mais conhecidos fiéis do culto da Cientologia, inauguraram, em 2013, a Catedral da Cientologia, que se tornou no prédio mais alto de Clearwater, em Tampa, Florida. Com 377 mil metros quadrados, o edifício levou 15 anos a ser construído e custou cerca de 174 milhões de euros. Pouco depois, Cruise, Travolta e a atriz Kirstie Alley compraram propriedades nas redondezas da igreja.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo