John Travolta quer deixar cientologia após morte da mulher

Inconsolável com a morte da mulher, Kelly Preston, o ator pode abandonar a sua fé. O ator diz que cientologia ajudou-o a ultrapassar a morte do filho mais velho.
John Travolta e Kelly Preston
John Travolta e Kelly Preston
31 jul 2020 • 19:37
Sónia Dias
John Travolta está inconsolável com a perda da mulher, Kelly Preston, aos 57 anos, após uma batalha de dois contra o cancro da mama.

O ator, de 66, está a tentar "ser forte pelos filhos", diz a revista ‘In Touch’, adiantando que pondera agora abandonar a Cientologia, uma vez que sente que perdeu a sua fé.

A publicação contactou um especialista nesta controversa doutrina, que diz que existe "algum receio de que Travolta, um dos principais rostos da Igreja da Cientologia, abandone a instituição, pelo que esta vai tentar mantê-lo sob a sua alçada."

"Ele vai afastar-se de tudo e todos durante algum tempo, de forma a dedicar-se exclusivamente à família", revela uma fonte próxima do ator à revista.

45 anos de devoção
John Travolta é um dos membros mais devotos da Cientologia desde 1975.

Em 1991, quando se casou com Kelly, esta abraçou a doutrina. O ator chegou mesmo a dizer que foi a igreja que o ajudou a ultrapassar a morte do filho, Jett, aos 16 anos.

O casal é ainda pai de Ella, de 20, e de Benjamin, de nove.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo