Johnny Depp traiu ex-mulher com Angelina Jolie

Ator não terá resistido aos encantos da ex-mulher de Brad Pitt, o que contribuiu para o desmoronar do seu casamento.
Johnny Depp, Amber Heard
Angelina Jolie e Brad Pitt
Brad Pitt e Angelina Jolie
Johnny Depp, Amber Heard
Angelina Jolie e Brad Pitt
Brad Pitt e Angelina Jolie
26 jul 2020 • 12:30
Sónia Dias
Johnny Depp traiu Amber Heard com Angelina Jolie. Quem o diz é a revista ‘Star’, que alega que esta traição foi o motivo para uma das discussões mais violentas entre o então casal, que se acusa mutuamente de violência doméstica.

A publicação não revela exatamente quando aconteceu o referido affair, mas diz que este foi um dos motivos pelos quais o casal se separou. Recorde-se ainda que, em 2017, a mesma revista afirmou que Jolie estava a tentar vingar-se de Brad Pitt, de quem estava separada há cerca de um ano, ao envolver-se com Depp.

Amigos de longa data
Angelina Jolie e Johnny Depp são amigos há muitos anos. Em 2010, os dois protagonizaram o filme ‘O Turista’ e foram vistos a conviver com as respetivas famílias - a atriz ainda estava casada com Brad Pitt e Depp com Vanessa Paradis - em Itália, onde o filme foi gravado.
Na altura comentou-se que Paradis ficou incomodada com as cenas íntimas entre o marido e Jolie, chegando mesmo a pedir-lhe para abandonar o projeto. Anos mais tarde, quando Depp já estava casado com Amber Heard, o nome de Angelina Jolie voltou a ser falado.

"Ela estava determinada a ter um relacionamento com Johnny, que serviria como uma vingança pela sua separação de Brad Pitt", contou uma fonte à ‘Star’.

Alertou para acordo pré-nupcial
De acordo com a ‘Star’, quando Angelina Jolie soube que Johnny Depp planeava casar com Amber Heard, ela aconselhou-o a ter "muito cuidado" e a fazer um acordo pré-nupcial. Um conselho que o ator não teve em conta.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo