Johnny Depp vai ser apoiado pela 'ex' na Justiça

A guerra entre o galã e a ex-mulher Amber Heard está longe de terminar. A antiga amada Vanessa Paradis reagiu, agora, em sua defesa em tribunal.
Johnny Depp
Johnny Depp
Amber Heard
Amber Heard
Vanessa Paradis, modelo, Vogue, produção, sessão fotográfica, ousada, sexy, sensual
Johnny Depp
Johnny Depp
Amber Heard
Amber Heard
Vanessa Paradis, modelo, Vogue, produção, sessão fotográfica, ousada, sexy, sensual
22 mar 2020 • 10:14
Carolina Marques Dias
Na luta que continua a travar contra a ex-mulher, Amber Heard, de 33 anos, que dura há mais de quatro anos, Johnny Depp, de 56, conta agora com um novo e grande apoio: a também ex-companheira, Vanessa Paradis, que saiu em defesa do ator.

A atriz francesa apresentou uma declaração de apoio, no caso em que a estrela de ‘Pirata das Caraíbas’ acusa a ‘ex’ de difamação, na sequência da queixa por violência doméstica.

"Conheço o Johnny há mais de 25 anos. Criámos os nossos dois filhos juntos. Durante todos esses anos, eu percebi que ele é uma pessoa e um pai gentil, atencioso, generoso e que não é violento", começou por dizer Vanessa.

"Nos estúdios de gravação, os atores, diretores e equipas inteiras adoram-no, porque ele é humilde e respeita todos" continua a ex-mulher de Johnny Depp, com quem o ator viveu um romance entre 1998 e 2012 e teve dois filhos: Lily-Rose Depp, de 20 anos, e Jack Depp, de 17.

"Estou ciente das acusações. Isso não é nada parecido com o verdadeiro Johnny que eu conheci e, pela minha experiência pessoal de muitos anos, posso dizer que ele nunca foi violento ou abusivo comigo", garantiu ainda, acrescentando que sente "nojo" por constatar que há pessoas que insistem em acreditar nos ‘ataques’ de Amber Heard, o que tem vindo também a prejudicar a carreira da estrela de ‘Piratas das Caraíbas’.

Recorde-se que, desde o fim do casamento com Amber Heard, em 2017, Johnny Depp tem enfrentado um pesadelo com várias disputas judiciais.

Os dois acabaram por se acusar mutuamente de violência doméstica, e têm acabado mesmo por protagonizar uma das separações mais problemáticas de Hollywood.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo