José Carlos Malato: "Tinha medo de ir à escola"

Apresentador admitiu que foi discriminado.
José Carlos Malato diz ter sido “agredido verbalmente”
José Carlos Malato
José Carlos Malato diz ter sido “agredido verbalmente”
José Carlos Malato
18 out 2019 • 06:00
José Carlos Malato admitiu, em entrevista a Tânia Ribas de Oliveira, que a sua orientação sexual lhe trouxe problemas logo em criança.

"Passei a ser discriminado no início do quinto ano", revelou. "Comecei a ser agredido verbalmente. Chamavam-me nomes como ‘maricas’ ou ‘paneleiro’. (...) Comecei a ter medo de ir à escola. Tinha vómitos quando me aproximava". Depois, mudou de atitude.

"Chegado à adolescência e à idade adulta eu comecei a perceber que de facto era maricas. E isso, ao invés de me fazer ter vontade de fazer mal a mim próprio, comecei a desenvolver um certo orgulho", concluiu.
Mais sobre
Newsletter
topo