José Castelo Branco faz voluntariado após ser apanhado a roubar

O socialite mostrou-se com os doentes no hospital após a polémica e foi criticado.
José Castelo Branco
José Castelo Branco
17 dez 2019 • 17:16
José Castelo Branco decidiu fazer voluntariado e partilhou imagens dos momentos nas redes sociais.

O socialite, de 57 anos, mostrou-se a tentar espalhar animação e solidariedade por um hospital, em Nova Iorque, na companhia de alguns doentes. Além disso, o companheiro de Betty Grafstein filmou-se ainda ao pé da árvore de natal do espaço. "São seis da manhã, acabei de fazer voluntariado, agora estou aqui ao pé da árvore de natal, e vou descansar. O sono do guerreiro", afirmou. 


Ver esta publicação no Instagram

@lucys.faithful.journey

Uma publicação partilhada por Haute Couture Queen (@jose_castelo_branco) a



José Castelo-Branco assume gestos de solidariedade para com os doentes do hospital, numa altura em que tem estado no centro da polémica por ter, alegadamente, roubado um perfume no aeroporto. Um escândalo que o levou a tribunal e do qual se continua a defender, desmentindo a situação. 

No entanto, apesar de aparentemente estar a tentar limpar a imagem depois da acusação, a atitude de José Castelo Branco não está a ser bem vista aos olhos dos milhares de seguidores que o acompanham.  "José, sabe, fazer voluntariado não é propriamente para exibir", atirou um seguidor.

Mas os piores comentários surgiram depois de, num dos vídeos partilhados, o socialite mostrar uma doente a chorar, uma atitude que os fãs não toleraram. "Tão triste por ver pessoas sofrer. Por favor deus abençoe todos", escreveu Castelo Branco na legenda do vídeo dramático.

Ver esta publicação no Instagram

So sad to see someone in suffer! Please GOD BLESS EVERYONE #emergencyroom #emergency #hospital

Uma publicação partilhada por Haute Couture Queen (@jose_castelo_branco) a


"Fazer voluntariado é de louvar, mas não filme as pessoas, principalmente quando estão a ter um mau momento", "Oh Zé não grave isto, coitada da miúda", "Mantenha essas atitudes fora das câmaras e das redes sociais", "Vale tudo para tentar ter visualizações. Gravar uma pessoa doente e a chorar não é admissível. Realmente não tem a menor noção do ridículo", são algumas das mensagens que se podem ler das duras críticas feitas a José Castelo Branco.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo