Juan Carlos poderá exilar-se em Cascais após abandonar Espanha devido aos escândalos

Pai de Felipe VI passou parte da juventude no Estoril, em Cascais.
Juan Carlos Espanha
Juan Carlos
Juan Carlos vai ser investigado pelo Supremo Tribunal
Juan Carlos e Sofia
Juan Carlos e Corinna Larsen viveram um caso extraconjugal
Juan Carlos Espanha
Juan Carlos
Juan Carlos vai ser investigado pelo Supremo Tribunal
Juan Carlos e Sofia
Juan Carlos e Corinna Larsen viveram um caso extraconjugal
04 ago 2020 • 11:23

Após ter anunciado esta segunda-feira, dia 3 de agosto, que irá abandonar Espanha devido aos inúmeros escândalos em que está envolvido, o rei emérito, Juan Carlos, poderá exilar-se no Estoril, em Cascais, onde passou maior parte da sua juventude.

A notícia foi avançada pela TVI24 na tarde de segunda-feira, que assumiu que o pai do rei Felipe VI terá escolhido Portugal para se exilar.

Contudo, segundo avança o jornal ABC, esta segunda-feira, Juan Carlos estará na Republica Dominicana. Durante o fim-de-semana, o rei emérito de Espanha terá viajado para Sanxenxo, em Pontevedra, na Galiza, de onde seguiu para o Porto, tendo apanhado um avião para Santo Domingo, na Republica Dominicana.

Para além de está a ser investigado pelo Ministério Público sobre o seu envolvimento na intermediação em vários negócios, o rei emérito de Espanha, está no centro de uma polémica amorosa com a ex-amante, Corinna Larsen, por esta ameaçar revelar os segredos da coroa espanhola.

Recorde-se que as polémicas de irregularidades financeiras de Juan Carlos levaram o filho, o rei Felipe VI a renunciar à sua parte da herança.  

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo