Judite de Sousa excluída por amigos

Jornalista revela que houve pessoas que se afastaram depois da morte do filho ou por temerem concorrência.
A jornalista Judite de Sousa
A jornalista Judite de Sousa
A jornalista Judite de Sousa
Judite de Sousa com o filho, André Sousa Bessa, em viagem ao deserto
A jornalista Judite de Sousa
A jornalista Judite de Sousa
A jornalista Judite de Sousa
Judite de Sousa com o filho, André Sousa Bessa, em viagem ao deserto
20 abr 2018 • 01:30
Vânia Nunes
Judite Sousa recorreu ao seu blogue pessoal para responder a uma pergunta que lhe fazem frequentemente. "Perdi ou ganhei amigos desde que o André partiu? E a resposta é só uma: ganhei novos amigos mas perdi mais. Julgo que existem várias explicações: a que me parece mais óbvia é que as pessoas não estão disponíveis para conviver com a tristeza. Aparecem para a fotografia nos momentos difíceis e depois desaparecem das nossas vidas. Como imaginam, sei bem do que falo", começou por escrever a jornalista.

Mas há outro motivo para ter visto pessoas próximas a afastarem-se de si nos últimos anos: "Há outras pessoas que nos excluem porque somos concorrentes. Esta dimensão é muito comum nas mulheres. E quase sempre há um elemento masculino à mistura. E depois há ainda aquelas pessoas de quem gostamos, que nos veem, que já estiveram na nossa casa mas que são incapazes de retribuir o gesto. Como diz a escritora espanhola Rosa Montero, ‘o ser humano tem muitas arestas’".

Noutro texto que publicou esta quinta-feira a diretora-adjunta de Informação da TVI, de 57 anos, falou sobre o preconceito de que é muitas vezes alvo. "As pessoas fazem de mim a imagem que veem na televisão quando na realidade sou bem diferente: divertida, um pouquinho de ingenuidade à mistura, impulsiva, cem por cento razão em termos profissionais, cem por cento emoção em termos pessoais", desabafou.
Mais sobre
Newsletter
topo