Judite Sousa: as polémicas da jornalista na TVI

A jornalista despediu-se da estação de Queluz de Baixo, onde passou por vários momentos conturbados.
Judite Sousa
Judite Sousa
06 nov 2019 • 18:15
Oito anos depois de ter entrado na TVI, Judite Sousa, que se tornou uma das jornalistas mais conceituadas, surpreendeu tudo e todos ao demitir-se do canal. O rosto da estação de Queluz anunciou esta quarta-feira, dia 6 de novembro, a despedida nas redes sociais. Os motivos deste desfecho, em acordo com a administração da TVI, não foram revelados por Judite nem são conhecidos.

O trabalho de Judite Sousa no canal vai ficar na memória dos espectadores, que receberam a notícia com tristeza por deixarem de a ver no pequeno ecrã. 

Enquanto esteve na TVI, Judite Sousa protagonizou vários momentos polémicos tanto na carreira como na vida pessoal.

Há seis anos, a ex-diretora adjunta da informação do canal entrevistou para o Jornal da Noite Lorenzo Carvalho, um jovem piloto milionário luso-brasileiro que vive a ostentar o luxo e a sua paixão pela Ferrari. Na altura, a entrevista acabou por ser duramente criticada pelos espectadores, pelo tom indelicado com que Judite a conduziu. A maioria partilhou da opinião que Judite não se mostrou profissional, pelas várias vezes que questionou Lorenzo sobre a forma como gastava o dinheiro, numa sociedade onde a pobreza cada vez mais se faz sentir. Na altura, a jornalista acabou por dar razão aos espectadores pelo sucedido.

Outro momento em que Judite Sousa não escapou às críticas remonta à tragédia dos incêndios de Pedrógão Grande, em Junho de 2017. A reportagem para o Jornal das 8, da TVI, colocou Judite em direto e foi alvo de comentários depreciativos nas redes sociais, porque se mostrou ao lado do corpo de uma das vítimas do terror. "Está um corpo aqui ao meu lado, de uma senhora, que ainda não foi recolhido, apesar de os bombeiros se encontrarem muito perto deste local", disse Judite Sousa ao apontar para o corpo que se encontrava apenas coberto por um lençol branco, perímetro de segurança delineado pelas autoridades. As imagens chocaram os espectadores que pediram respeito pela família das vítimas.

Em novembro do ano passado, Judite também deu que falar por um momento insólito em trabalho: quando é filmada a discutir com o repórter de imagem quando estavam no Brasil a cobrir as eleições presidenciais. A pivô da TVI afirmou: "Eu não estou a fazer uma birra", ao que o repórter respondeu: "Eu não posso fazer melhor". Em causa estava o posicionamento da câmera para um direto e um telefonema que Ricardo Silva fez para a redação da estação de Queluz de Baixo que revoltou Judite, que não hesitou em gritar: "Quem manda aqui sou eu. Quem manda na equipa sou eu. Não é Lisboa. Não tens de estar a perguntar a Lisboa coisa nenhuma". Após a discussão se tornar viral, Judite Sousa e Ricardo vieram desculpar o sucedido como uma situação normal do stress do trabalho.

Mais recentemente, em janeiro deste ano, Judite Sousa sofreu também vários comentários negativos ao publicar nas redes sociais uma fotografia aparentemente inocente, onde surgia no lançamento do livro 'Político Esfaqueado ou É Morto ou É Eleito', com a mãe, a irmã, e a sua empregada, Rosa. Na legenda da fotografia, Judite mencionou-a como "a senhora lá de casa", o que gerou uma onda de 'ataques' por parte dos seguidores, que acreditaram que estava a rebaixar a mesma mulher. Judite acabou por se jusitificar: "A senhora que toma conta de mim há quase 20 anos. Que me ajudou a criar o meu saudoso filho. A Rosa é a minha Rosa", escreveu, após as críticas.


Mas o momento mais delicado que viveu enquanto estava na TVI aconteceu em junho de 2014, quando o seu único filho, André Bessa, perdeu a vida na sequência de uma queda numa piscina. Este foi o pior momento na vida de Judite Sousa, que muitos pensaram que viria a abalar também a sua carreira pelo quanto ficou fragilizada. Mas foi ao trabalho que Judite se agarrou para conseguir sobreviver ao desgosto.

Apesar de todos os momentos tensos que caracterizaram o período em que Judite Sousa esteve na antena da TVI, a jornalista continua a ser um rosto muito valorizado e acarinhado pelo público. Os admiradores não lhe poupam os elogios pelo profissionalismo e pela garra com que seguiu em frente depois da morte do seu filho. A TVI também realçou todo o "reconhecimento, profissionalismo e dedicação" com que Judite Sousa trabalhou durante esta caminhada.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo