Kate Middleton “fez a vida de Meghan num inferno"

Revista avança que Middleton nunca aceitou a mulher de Harry, ou o filho deles... a polémica está instalada entre as duas
Kate Middleton e Meghan Markle
Meghan Markle surge triunfante após polémica
Meghan Markle
Kate Middleton e Meghan Markle
Meghan Markle surge triunfante após polémica
Meghan Markle
02 fev 2020 • 14:29
Mghan e Harry já estão a levar vidas independentes no Canadá e a preparar os seus projetos para o futuro, mas os verdadeiros motivos que os levaram a abandonar a família real britânica continuam por apurar. Contudo, uma fonte revelou à revista ‘In Touch’ que a principal responsável pela decisão dos duques de Sussex em sair da alçada da rainha foi, afinal, Kate Middleton!

"A Meghan ficou farta das mentiras e da forma como era tratada no palácio real, sobretudo por Kate", começou por contar a fonte à publicação. "Ela tornou a vida da cunhada num verdadeiro inferno, ao tratá-la como uma exilada e ao observá-la à distância enquanto a imprensa a criticava por tudo e por nada. A verdade é que Kate nunca a aceitou na família", acrescenta, afirmando que a mulher do príncipe William desprezava a cunhada, bem como o sobrinho, Archie, de oito meses. "A Kate nunca quis pegar Archie ao colo e sempre rejeitou as tentativas de Meghan em aproximar os primos. Nunca gostou dela."

Desde que se mudou para o Canadá, Meghan nunca mais falou com Kate. "É óbvio que elas nunca serão amigas e até uma relação cordial entre as duas está, à partida, posta de parte. Durante muito tempo elas toleraram-se uma à noite, até não poderem mais", concluiu a mesma fonte.

A mesma revista afirma que foi Harry quem decidiu afastar-se da Casa de Windsor, onde há muito se sentia "infeliz" e "uma alma perdida". "Ele sempre quis fugir dali e Meghan ajudou-o a seguir em frente com este plano", revela uma fonte, garantindo que o príncipe não podia estar mais feliz.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo